O retorno da minha verdadeira paixão

E a Copa do Mundo 2018 se foi. Para os apaixonados por futebol, como nós, podia até ter durado um pouco mais. Se foram as seleções que eu sequei; se foram as que “me gustaria” que tivessem levantado a taça… venceu a que poucos sentimentos me despertou, porém, a que devo reconhecer, teve os méritos.

Mas não pensem, meus amigos, que estou triste ou saudosa. Estive assim, justamente neste período de ápice do futebol mundial. Explico: o GRÊMIO! Deste sim, senti uma falta louca. Dos jogos na Arena, do entorno, dos pré e pós jogos. Dos papos de GRÊMIO, dos palpites. Do churras… da amizade, do trago e do alento.

Ah este coraçãozinho TRICOLOR já não aguentava a saudade do brilho do meu olhar ao ver o brilho dos olhares GREMISTAS. Chegava a sonhar com o momento de estar na cancha novamente. Não adianta, o futebol que me toca de verdade, o que me arrepia, me tira do sério, define meu humor, é o do GRÊMIO. A camisa TRICOLOR tem um efeito astronômico sobre mim. E quando eu vejo o time do GRÊMIO em campo, minha cabeça se inunda de AZUL, BRANCO e PRETO.

Ainda falta um pouco para o jogo de quarta, mas eu já estou eufórica. Já estou escalando o time, já estou preocupada com as possíveis baixas… O GRÊMIO me leva mesmo a um estado de clímax extraordinário. Não precisa nem ser um jogo de COPA – os que mais amo. Qualquer joguinho de Brasileirão já me satisfaz. Entrou em campo a camisa do GRÊMIO, está armada a guerra, para mim.

É mesmo impressionante o que o futebol provoca nas pessoas. Os esportes, num todo, mexem muito com os seres humanos, até por questões químicas do nosso corpo. Mas o futebol tem um poder surpreendente. O futebol tem um poder introdutório na psique humana; se mistura à sentimentos explosivos e exacerbados que carregamos no nosso íntimo. Não precisamos entrar em campo para viver o nervosismo, a pressão ou até a alegria, decorrentes da partida. A tua paixão te transporta. E também há o fator externo… o futebol move, mobiliza e influencia tudo que o orbita.

E neste próximo jogo, como de costume, vou deixar tudo para te ver, GRÊMIO. Te espero forte, aguerrido e bravo. Te espero demonstrando que de mim, tu também estavas saudoso. Vou cantar para ti. Vou alentar… vou entrar na cancha cheia de GREMISMO; o resto todo vai ficar do lado de fora… vou para a Arena, com um único pensamento… ganha GRÊMIO!

 

NÃO ao FUTEBOL MODERNO!

(O GRÊMIO do RENATO pode!)

Ana Vilches
@anagremiovedder