Hoje ocorre a eleição para Presidente do Grêmio, biênio 2015-2016. Essa é uma grande oportunidade para o gremista acompanhar de perto a política do Clube, pois o candidato escolhido será o que guiará a instituição, dará as diretrizes do futebol, o estilo de jogar, e da administração. Se houver mais de um candidato escolhido pelo Conselho Deliberativo a eleição vai para o pátio, ou seja, o sócio escolherá o Presidente. Portanto, é de suma importância que o Torcedor Gremista acompanhe e faça uma análise minuciosa das propostas colocadas à disposição.

O Grêmio do Prata comunica que não participará desse pleito, seja com candidato, seja apoiando alguma das chapas que concorrem ao cargo majoritário do Clube. Como em todas as ações realizadas pelo Grêmio do Prata primamos pela clareza das informações, característica que consolidou a confiança depositada pelo torcedor Gremista no Movimento.

Assim, em virtude de que mesmo recebendo quase 10% de votos na última eleição para o Conselho Deliberativo em 2013, o Movimento não ultrapassou a Cláusula de Barreira, que atualmente é de 20%. Portanto, o Grêmio do Prata não tem nenhum representante Conselheiro. Por isso, o Movimento vê que sem essa representatividade é impossível ultrapassar a primeira barreira para que a candidatura de um Presidente seja efetivada, que é a do Conselho Deliberativo, dessa forma, indo para eleição do pátio.

De outra sorte, o Grêmio do Prata se reuniu com quase todos os Movimentos que compõem as chapas que participarão do pleito deste ano. Porém, de forma respeitosa, o Movimento não vê nas candidaturas projetos que acompanhem as reais necessidades do Clube, bem como, as transformações que são inevitáveis para o seu futuro. Inclusive, na condução e formatação política, onde grupos e “lideranças” disputam vagas e departamentos, sem qualquer preocupação com o que de fato será realizado para recolocar o Grêmio no trilho de vitórias e conquistas, mas também, volte a ser um Clube notadamente organizado e preparado para os desafios que o mundo do futebol hoje nos impõe. As vaidades pessoais, alianças momentâneas e de conveniência, infelizmente, se sobrepõem ao debate de ideias e a realização de uma política por convicção, baseada e fundamentada em projetos.

Quantas vezes reclamamos em nosso dia a dia, do modus operandi de se fazer política neste país e em nosso clube? Quantas vezes e em quais momentos fizemos algo efetivo para que essa história mude e possamos avançar como sociedade ou como associados e torcedores de uma instituição como o Grêmio? Essas questões nos servem de reflexão e motivo de trabalho a fim de buscarmos uma política saudável para o nosso Clube. No entanto, toda e qualquer transformação, ainda mais, quando envolve práticas viciadas e distorcidas das desejadas para o bom ambiente de uma governança corporativa, exige paciência, tempo e comprometimento de todos que a desejam.

Dessa forma, pedimos que todos aqueles de outros movimentos também busquem o exercício de uma política saudável para o nosso Clube, pois sabemos que existem pessoas que pensam Grêmio em todos os demais movimentos.

O Grêmio do Prata, ao longo dos seis anos de experiência, estabeleceu uma conexão muito forte com você Torcedor Gremista. Essa ligação propicia que você, Torcedor, busque no Movimento uma forma de se aproximar e tentar satisfazer os seus anseios e suas alegrias em relação ao Clube. Desejamos ampliar e fortalecer essa conexão. Pois, somente através desse fortalecimento onde o torcedor e associado Gremista sinta-se representado e seja também o representante da instituição é que poderemos vislumbrar a verdadeira mudança. A construção de um Grêmio Forte, Aguerrido e Bravo, passa pela participação efetiva, envolvimento, responsabilidade e comprometimento de cada um de Nós.

MOVIMENTO GRÊMIO DO PRATA

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

9 respostas a “Grêmio do Prata nas Eleições”

  • Não estaremos no pleito, porém estamos muito atentos a tudo que está ocorrendo e ocorrerá nos próximos dias. Que sejamos sensatos em nossas escolhas, que vislumbremos apenas e apenas o GRÊMIO e que não sejamos imediatistas com relação as nossas avaliações de propostas e projetos, pensando no presente, mas principalmente no futuro.

    O GRÊMIO PRECISA DA PARTICIPAÇÃO DO SEU ASSOCIADO, POIS SEM ELE A INSTITUIÇÃO NÃO VIVE, NÃO EXISTE!

    FIQUE ATENTO!

  • Só lamento que o respeitável e importante “Gremio do Prata” fique totalmente afastado do processo eleitoral, mesmo tendo em seus quadros valorosos “gremistas”.
    A frase extraída do texto acima vai de encontro à importância do “Prata” quando diz: “Quantas vezes reclamamos em nosso dia a dia, do modus operandi de se fazer política neste país e em nosso clube? Quantas vezes e em quais momentos fizemos algo efetivo para que essa história mude”.
    Grande abraço a todos e que o melhor para o GREMIO começe a ser decidido hoje!

  • Via de regra a participação do associado é importante. Porém, na minha concepção, no caso concreto, tal teoria não se aplica, pois nenhuma da chapas reúne condições de representar e/ou fazer prevalecer os meus anseios enquanto gremista.
    Em suma, me resigno a máxima que prediz: “Orai e vigiai”. Abraços.

  • É quase impossível separar a política partidária da política do clube.Isto acaba se confirmando quando alguns Conselheiros abrem o voto em determinado candidato, pois pertencem ao mesmo partido político, ou seja, e o Grêmio? Já passou a hora do torcedor gremista discernir quem serve para o clube e pensa exclusivamente em vê-lo conquistar títulos e ser GRANDE e os egocentristas que usam o clube como trampolim para negócios e interesses pessoais. Por isso, torcedor GREMISTA……….preste atenção em quem irá nos representar nos próximos anos.

  • Só espero que, em dois anos, haja uma mobilização mais concreta e mais MINUCIOSA para as eleições do Conselho Deliberativo e que, assim, o Grêmio do Prata coloque alguns de seus representantes lá. @nicefee

    • Felipe,

      Desde já estás convidado a vir nos conhecer e colaborar com esta mobilização de que tanto precisamos para o ingresso no Conselho Deliberativo.

      E pode ter certeza, já estamos trabalhando nesse sentido. Ao mesmo tempo que, e primordialmente, buscamos colaborar com o clube.

      Saudações.

  • Não me surpreende este posicionamento do Prata. Quem conhece o Movimento sabe que colocam sempre o Clube em primeiro lugar.
    Espero, para o bem do Grêmio, que em breve haja representantes do Prata no Conselho, sem abrir mão de suas convicções, ou “por cargos oferecidos” em troca de apoio, que é o que ocorre atualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *