A mudança do Olímpico para a nova Arena trouxe novas concepções, como o evento futebolístico e o torcedor-espectador. Isso foi uma escolha de várias gestões de dirigentes e mandatos de conselheiros apoiados por muitos sócios. Não é nossa intenção, no momento, mergulhar nos meandros do negócio Arena ou revirar fatos políticos do passado.

O Grêmio do Prata se preocupa em manter vivo o espírito do torcedor gremista que transformou o Olímpico num purgatório para o adversário, embora ciente de que a Arena do Grêmio é a nossa nova realidade. Como consta na Carta do Grêmio do Prata: Cabe ao movimento exaltar e defender todas as semelhanças do Grêmio FootBall Porto Alegrense, dentro de campo e nas arquibancadas, com o futebol aguerrido, de força e competitivo do futebol do Prata, vinculado a própria história do Grêmio Football Porto Alegrense.

No último ano, nos deparamos com diversas questões, algumas levadas do Olímpico, algumas em razão da nova casa. Talvez o principal seja a falta de representação do torcedor frente a aspectos como: a repressão à violência ou questões de segurança, a definição do que o torcedor pode ou não dentro do novo estádio, adequação do sistema de vendas de ingressos, acessibilidade do torcedor, dentre outros.

Por isso, o Grêmio do Prata foi o primeiro grupo a procurar voluntariamente a Promotoria do Torcedor (instalada em 09/09/2013) com o objetivo de estabelecer um canal de comunicação com o novo órgão do Ministério Público (que centralizou a fiscalização da aplicação do Estatuto do Torcedor ao Grêmio) e esclarecer alguns anseios dos Gremistas. Em certas questões, como na de segurança e de torcidas, sempre houve uma preocupação lógica com as Organizadas, mas sentimos que o torcedor comum ficava excluído dos debates, pois afora jogos decisivos ou de alto risco como GREnal, o Clube geralmente não se faz representar por nenhum membro da direção ou de seus mais de 300 conselheiros.

Em 24/09/2013, realizamos a primeira reunião de aproximação com a Promotoria do Torcedor. Em 25/09/2013 entregamos requerimento de informações e esclarecimento de fatos (Comunicação Promotoria do Torcedor). Em 02/10/2013 participamos da reunião no BOE com a Promotoria, BM e torcidas organizadas – SEM REPRESENTANTE OFICIAL DO GRÊMIO (1º encontro). Desde então realizamos outras conversas na sede da Promotoria do Torcedor.

No dia 21/05/2014, a Promotoria do Torcedor intermediou um encontro entre o Grêmio do Prata, a Arena Porto-Alegrense e a Brigada Militar. O evento serviu para o nosso Movimento levar a essas entidades a vontade do torcedor de adequar a sua essência aos novos padrões de qualidade, sem comprometer a segurança do Estádio; esclarecer quem é o responsável por regulamentar as normas de segurança dos jogos; esclarecer algumas dúvidas sobre a acessibilidade de pessoas com necessidades especiais; tratar da quantidade de ingressos destinados a não sócios e beneficiários de outros descontos, dentre outros assuntos.

Existe a real possibilidade de ver materiais, como bandeiras com mastro e papel picado, liberados para outros setores da Arena (que não a Arquibancada Norte), desde que suas medidas, composições e distribuição sejam aprovados previamente pela Segurança Pública. Também foi esclarecido que atualmente, em outros setores, já é permitido bandeira/trapo até 2mx2m ou torcer em pé, desde que não atrapalhe a visibilidade de outro torcedor. Fomos informados de equipamentos de acessibilidade como: orientadores treinados para auxiliar pessoas com deficiência, de forma ágil e segura; sistemas de leitura em Braille nos elevadores e sanitários; acesso de cães guia e instalação de piso táctil; política de desconto em ingressos como forma de inclusão; cadastro prévio da pessoa portadora de deficiência para agilizar a compra de ingressos com desconto, através da Central de Relacionamento da Arena (51 3092 9605 – nº fornecido no site).

Disponibilizamos a ata da reunião aqui, com o resumo do que foi tratado.

Ata de 21.05.1 do encontro entre Promotoria do Torcedor e o Grêmio do Prata

Destacamos que essas pendências já estariam resolvidas ou melhores encaminhadas, se houvesse por parte do Clube, uma atuação eficiente, ou melhor, uma gestão voltada ao atendimento das necessidades dos sócios e torcedores em geral, haja vista que o Ministério Público, a Brigada Militar e a Arena Porto-Alegrense se mostraram abertos ao diálogo.

Ainda ocorrerão outras reuniões, pois algumas questões não são fáceis de resolver.

Existem problemas na nossa torcida, aliás, todos temos no que evoluir ainda. Além disso, não podemos ignorar o cenário de violência em que vivemos e os riscos dos grandes eventos. Contudo, o torcedor do Grêmio é um apaixonado e quer o bem do Clube, então não pode abandonar a sua essência apaixonada e atuante para se integrar a uma nova estrutura, sob pena do Clube esquecer qual é o seu maior patrimônio, o Torcedor.

A Torcida Gremista não quer simplesmente assistir ao jogo,
quer ajudar a ganhá-lo!

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

15 respostas a “Movimento em busca de melhorias para o Torcedor na Arena”

  • Excelente trabalho do Movimento Grêmio do Prata! Desde 2008 trabalhando em favor do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense e dos seus associados!
    Parabéns!

  • Para a Arena ter a “alma” tão desejada, precisa de seu torcedor. Aquele que pode cantar, pular e torcer à vontade. levar seu trapo, bandeira e papel picado.

    • Denis,

      Não é difícil. Um pouco de boa vontade, ações simples e diálogo ajudam a resolver.

      Enfim. Esta reunião foi muito positiva e tivemos uma grande evolução nos assuntos, com predisposição de todas as partes.

      Vamos ver e aguardar. Notícias boas podem vir no segundo semestre.

      O Nosso compromisso, do Grêmio do Prata, é com o Grêmio e com o nosso Torcedor.

  • Parabéns ao Grêmio do Prata pela iniciativa! Eu tenho uma faixa de 2 X 5m com o nome da minha família, nada de ofensivo ou algo parecido. Seria possível entrar com esta faixa sem ser na geral? De que forma eu poderia conseguir uma liberação? É necessário pedir autorização pro BOE ou para a Arena Portoalegrense? Desde já obrigado.

    • Jonathan,
      Como tá ali no texto, a orientação oficial do BOE é que já é permitido bandeira sem mastro até 2mx2m, fora da arquibancada, sem conteúdo ofensivo. Sabemos que nos jogos isso não é bem assim, mas seria prudente entrar em contato antes com o BOE, pois a Arena segue as instruções deles.

  • É uma utopia reivindicar o direito de torcer pelo nosso clube. O que mais preocupa nisso é que precisou um Movimento sem representatividade no Conselho Deliberativo assumir esta responsabilidade de devolver a alegria do torcedor que não pertence a torcidas organizadas mas que canta, esbraveja, chora e se emociona no estádio. Obrigado Grêmio do Prata por nos proporcionar tamanha alegria.
    Como sugestão gostaria que fosse discutido a proibição de camisas de outros clubes que nada tem haver com o Grêmio, com exceção das camisas da Seleção Celeste e Porteña que possuem vínculo histórico, já camisas ou bonés encarnados sem comentários.

  • Parabéns aos envolvidos!!!!
    O Grêmio do Prata sempre mostrando que mesmo de fora das direções,comissões, gestões ou conselho é possível trabalhar para melhorar o nosso Clube,valorizando seu maior patrimônio “SUA TORCIDA”.

  • Parabéns aos envolvidos, bela atitude, se a direção “atuante” não toma alguma atitude… que parta de nós mostrar como é possível.

  • A ata esclarece bem que o problema sempre foi a omissão de quem esteve/está lá dentro: “…a Arena vai seguir as determinações dos órgãos de segurança e do Grêmio…”

    • Wagner,

      Nesta última reunião nos foi falado que as barras estão proibidas, não só em Porto Alegre, mas agora também em todo o estado. A situação recente que teve lá do outro lado, foi por conta de ser uma festa de reinauguração, assim como tivemos a nossa. Então, a partir de agora não tem mais. O argumento para proibição foi a segurança.

      Mas, vale lembrar, nós estamos pleiteando para o torcedor em geral, de todos os demais setores da Arena, e não especificamente de uma organizada ou das organizadas.

      Um detalhe, quando participamos de uma reunião no BOE desse com as organizadas e a promotoria, as organizadas questionaram a nossa presença naquela reunião (http://www.gremiodoprata.com.br/?p=3298). Depois o Promotor nos comunicou que as organizadas não nos queriam mais presentes nas reuniões.

      De qualquer forma seguimos com o nosso trabalho para melhorar as condições para todos os torcedores. E, no que pudermos contribuir para melhorar essa relação, nós vamos fazer, desde que isso também seja desejado por outros segmentos.

    • Wagner, eles comentaram que as barras na geral são proibidas sob o argumento de que atrapalham a visibilidade da segurança e de outros torcedores.

  • PARABENS A CVS / TODOS . 1 pergunta = CVS FALARAM COM eles SOBRE O ( CASO DO TORCEDOR GREMISTA QUE FICOU CEGO ??????????? ) GRACAS A TOTAL INCOMPETENCIA DA briosa 69 ! 2 pergunta = PQ TUDO NO AG 69 SUCATA , E LIBERADO sem NENHUM PROBLEMA , e no GREMIO tudo COMPLICAM 100% ! NA PROXIMA reuniao PERGUNTEM ESTAS 2 OK . VALEUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU . ” SE ASSOCIEM ne ” .PARA O GREMIOOOOOOOOOOO TER EM 2015 , 1 TIME SEM nabas COMO TEM ATUALMENTE NA DIREITA / ATAQUE / ZAGA e MEIA ok !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *