Em Dezembro de 2008 foi assinado o contrato com a Arena.

Então, em 2008, já não se sabia?

Com a entrega do Olímpico, os meninos da base que ali se acomodam nos atuais alojamentos, terão que ser removidos para algum novo local onde o Clube lhes proporcionem dormitórios, banheiros, refeitórios, salas de estudo e lazer, e demais instalações adequadas para uma categoria de base. Pois bem Torcedor Gremista, as administrações tanto do Conselho Administrativo (CA) quanto do Conselho Deliberativo (CD) que estavam no poder na época e que se sucederam até hoje – Setembro/20013, e que também estão divididas entre os grupos políticos que formam as chapas 2 a 7, pois em nenhum momento, os conselheiros e os candidatos destas chapas de número 2 a 7 e seus grupos políticos propuseram ou debateram um projeto para erguer em Eldorado do Sul, alojamentos necessários para um Centro de Treinamento para Formação dos Atletas da Categoria de Base, de seu próprio Clube.

Você sabia Torcedor e Sócio Gremista que estes meninos da base, nosso patrimônio, serão transferidos para um Motel reformado e arrendado, com um investimento na reforma de mais ou menos R$ 500.000,00 do próprio Clube?

Por que Torcedor Gremista o clube não investiu este valor no seu próprio patrimônio de Eldorado do Sul?

Por que Torcedor Gremista os meninos da base serão alocados no antigo Motel da Ilha, situado na rodovia BR 116, nº. 2000 – Ilha Grande dos Marinheiros em Porto Alegre, um local isolado, sem escolas, sem universidades, sem lazer, sem transporte a noite e com altíssimo risco de acidentes por estar localizado à beira da BR 116?

Em 2011, foi inserido na Lei Pelé, a Lei 12.395/11 com um novo sistema de proteção aos clubes formadores, bem como aos atletas. Esta nova legislação desportiva trouxe medidas de compensação do capital investido na formação e no aprimoramento físico e técnico dos atletas, propõe a celebração do contrato de formação desportiva, entre clube/atleta entre 14 e 20 anos com duração livremente ajustadas entre as partes, direito do clube formador para firmar o primeiro contrato de trabalho desportivo profissional, com duração máxima de 5 anos e direito de preferência do clube formador para renovar o primeiro contrato de trabalho, com duração máxima de 3 anos. A nova lei também resguarda ao clube formador a devida indenização, através de um sistema chamado “mecanismo de solidariedade”, copiado do regime instituído pela FIFA.

Em contrapartida, o legislador passou a exigir do clube formador que demonstre que efetivamente despendeu recursos na formação do atleta, provendo-o com assistência educacional, psicológica, médica e odontológica, como também propiciando alimentação, transporte e convivência familiar.

O Grêmio do Prata, anterior a estas alterações, em seu projeto para as Categorias de Base, já defendia a formação de atletas com identificação da filosofia de jogo do Grêmio e de cidadãos para o mundo através do estudo. Sendo assim, para exercer de fato a função/chancela de entidade formadora é preciso que o nosso Clube cumpra o que está escrito no artigo 29, §2°, I e II da Lei Pelé:

d) manter alojamento e instalações desportivas adequados, sobretudo em matéria de alimentação, higiene, segurança e salubridade;

f) ajustar o tempo destinado a efetiva formação do atleta, não superior a 4 horas por dia, aos horários do currículo escolar ou de curso profissionalizante,

Além de lhe propiciar matrícula escolar, com exigência de frequência e satisfatório aproveitamento.

Torcedor Gremista, o Grêmio do Prata em seu projeto para as Categorias de Base/Patrimônio tem a proposta de construção de um Centro de Treinamento para Formação de Atletas/Cidadãos em Eldorado do Sul, com todas as acomodações necessárias, com conforto e segurança aos meninos que lá estarão, salas de ensino equipadas com computadores e com professores/monitores presentes (Escola Grêmio), o atleta não precisa sair do local, terá tudo ao seu alcance. Todo o investimento poderá ser capitado através da Lei de Incentivo ao Esporte – LEI Nº 11.438, de 29 de Dezembro de 2006, onde o clube não teria custo algum, buscando a contra-partida baseado nas diretrizes da lei de incentivo fiscal – Lei nº 11.472, de 2 de maio de 2007.

 Torcedor e Sócio Gremista, quando se quer realizar e trabalhar para o seu clube é simples. É possível sim, valorizar o nosso patrimônio. O Conselheiro tem que agir, o Conselheiro tem que buscar todas as alternativas possíveis e impossíveis para o bem do Grêmio. Ele deve estudar e aprimorar seus conhecimentos para assim propor e cobrar mudanças, deve dar transparência a suas ações aos sócios e aos torcedores que nele votaram e confiaram.

 O Conselheiro deve ser FORTE, AGUERRIDO e BRAVO para o GRÊMIO ser PRIMEIRO em tudo.

 É #CHAPA 01, é #GRÊMIODOPRATA.   

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

6 respostas a “VOCÊ SABIA que os meninos da base estão sem casa?”

  • Iremos cobrar esse e outros posicionamentos do Conselho Deliberativo.
    Está na hora de colocar o Conselho em EFETIVO funcionamento.
    O Conselho deve ser lugar de TRABALHO. Chega de faz de conta, chega de fazer a social.
    Entraremos para TRABALHAR, COBRAR e FSICALIZAR QUE TRABALHEM.

  • Eles deveriam ter mais respeito com esses garotos da base que trazem tantas felicidades, se é que me entendem, a tantos dirigentes que se engalfinham até para assumir o posto de comando das categorias de base. E tanto é verdade que esses garotos não tem como finalidade a equipe principal do Grêmio que para isso vão buscar no quebrado Juventude um monte de cabeças de bagre para assumirem em seus lugares como titulares do time principal. Será porque em?

  • http://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/qual-time-aproveita-melhor-as-categorias-de-base-no-brasileir%C3%A3o–205429100.html?page=all

    O site esporte interativo, do yahoo esportes, fez um levantamento de quais times aproveitam melhor as suas categorias de base neste brasileirão. Numa rápida observação, percebe-se que o Grêmio é uma das equipes de menor aproveitamento de seus meninos da base. Porque será?
    Os clubes brasileiros que investem no seu patrimônio e na formação de seus atletas, dando a estes todo o suporte necessário, bem como uma real valorização dos seus funcionários e das comissões técnicas da base, terão com certeza melhores resultados. A cada dois anos trocam-se as direções no Grêmio e um novo projeto pra base é implantado, lá vem novos diretores que saem de um mundo que ninguém conhece seus trabalhos anteriores na formação de atletas, não ocorre uma valorização do quadro pessoal do clube, não se beneficia os professores que lá estão com as merecidas promoções por méritos, deixa-se de premiar aqueles que lá estão anos e que conhecem o modo de jogar do Grêmio, que sabem a tempos a filosofia e as metodologias a serem aplicadas para a melhor formação dos atletas e dos cidadãos. Nos deixa parecer que, quem tem o conhecimento é perigoso e fará mal ao clube.

    Por isso, o Grêmio do Prata tem em seu projeto da base a certeza que valorizando o quadro pessoal dos professores da categoria de base, gerando melhorias permanentes em seu patrimônio como a criação em Eldorado do Sul de um completo Centro de Formação de Atletas e implantando a Escola Grêmio, alcançaremos o nosso grande objetivo que é ter em nossas equipes vitoriosas, nossos meninos, nossos atletas criados com a identidade de jogar futebol do Tricolor.

  • DIVULGUEM ESTA E OUTRAS NOTICIAS . NAS redes OK . ” CONTINUEM envestigandoooooooo ” VAMOS LIMPAR O CD ok ! O LAMENTAVEL e que o SOCIO SE deixa ENGANAR neeee , E VAI NA ONDA perdedora DENOVO , POR ALGUNS churras E cevas NE . LAMENTAVEL / DEPOIS CHORRAM PQ O CD e OMISSO ne !

  • Local ideal é em Eldorado do Sul. Péssima escolha pelo Motel da Ilha na Ilha Grande dos Marinheiros, pois tudo no entorno não agrega nada, não consigo entender tal opção pela direção gremista!

    Nemias de Ipanema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *