A casa, não parece nossa; ainda tem-se a impressão de lugar alugado, fora do nosso domínio, fora do nosso alcance.

O time, não anda lá estas coisas e ainda tem uns resquícios acariocados do desvairado que tentou mudar quem somos.

O tratamento que estamos recebendo, é o pior e mais injusto dos últimos tempos.

Sim, tudo isto é verdade!

Mas amanhã, quem vai jogar é o GRÊMIO!

Amanhã, mesmo que eu não queira, meu sangue ferve, meu coração dispara e a camisa TRICOLOR, praticamente pula no meu corpo, já quando eu acordo.

Amanhã, quem vai estar na beira do gramado é o RENATO, é o símbolo do GRÊMIO aguerrido, do GRÊMIO forte, do GRÊMIO campeão.

Amanhã eu vou pra Arena, alentar pro GRÊMIO que eu amo. Cantar com minha voz redobrada; amanhã eu serei o bumbo.

Nada me afasta do GRÊMIO amanhã, porque em dia de peleia meu foco é único e exclusivo no GRÊMIO.

Quero chegar cedo, ficar pelos arredores, ver a movimentação, comer um churrasco, discutir com os hermanos as coisas de GRÊMIO e mais tarde gritar pelos gols.

Amanhã é dia de GRÊMIO! Dia da minha paixão explodir, dia de montar esquema tático, de escalar o time, de duvidar da hombridade do juiz, de esperar que o GRÊMIO seja o mais GAÚCHO e o mais bravo. Dia de cantar nossos dois hinos – o do GRÊMIO e o da República Riograndense.

Amanhã, não estaremos disputando a taça que mais gostamos, mas em se tratando de GRÊMIO, quero todas as taças possíveis. Porque até estas, que não se parecem com nosso jeito, devem ser erguidas, guardadas no nosso armário; são como obrigação.

Amanhã eu quero o GRÊMIO indo pra cima, sendo efetivo e me dando a satisfação da vitória.

Eu jamais te abandono, GRÊMIO! Te ver em campo é minha maior alegria e ir na cancha pra mim, é imperioso. E só te peço, amanhã e sempre, que me retribua com teu melhor… e o teu melhor, é o que faz o meu eclodir.

Vamos GRÊMIO! Vamos a ganhar!

Seja GRÊMIO, seja forte, seja aguerrido e seja bravo!

“…que atras do gol eu vou estar”

E aos hermanos que tiverem interesse em conversar conosco, estaremos amanhã logo cedo aos arredores do Bar da Isa assando aquela carne nossa de todos os domingos.

Ana Vilches
@anagremiovedder

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *