Pior do que mudar a mentalidade de um clube vencedor é denotar pura vaidade nesta mudança.

O GRÊMIO teve a fórmula do multi-campeão em suas mãos e por politicagem, orgulho e favorecimento pessoal de alguns de nossos representantes a descartou. Pensar que não se pode dar continuidade a uma história de glórias e feitos grandiosos é caminhar no sentido do apequenamento. E o GRÊMIO se apequenou. Porque seus últimos dirigentes não tiveram o desapego que se tem quando se dirige ESTE clube de futebol.

Os representantes do GRÊMIO devem – cada um deles, em cada função – viver o clube. Dirigir o GRÊMIO é como criar um filho; deixa-se a própria vida de lado e faz-se o impossível para que este filho seja próspero em seu caminho. Isto se chama amor; e no caso do GRÊMIO, GREMISMO.

Todo este cenário que desencadeou uma queda vertiginosa do GRÊMIO não começou agora, todos sabemos. Mas as atitudes mais recentes, desde a última eleição, demonstram que esta não é a forma correta de fazer nosso clube campeão. A própria eleição para o Conselho Deliberativo já tomou ares de guerra política e por poder pessoal. E me pergunto: quando, na história da humanidade, um processo “eleitoreiro” como este trouxe bons resultados para quem precisa deles? Nunca! E desta vez não foi diferente.

As promessas, as campanhas claramente oportunistas, nos colocaram nas mãos de pessoas que tinham planos bombásticos de crescimento, mas não para o GRÊMIO. E bom, se me disserem que estou generalizando, digo que obviamente há os que amam o GRÊMIO, mas sua omissão os enquadra na mesma figura dos outros; os torna comuns; somente nomes. E a prova disto foi a debandada de dirigentes acompanhando a saída do vice de futebol – se estivessem comprometidos com o GRÊMIO teriam ficado, afinal não é ao AVM que devem fidelidade e dedicação, nem ao seu movimento político e sim ao GRÊMIO.

Toda essa reincidência enjoativa e destruidora nos colocou onde estamos, contando com uma equipe – entre jogadores e comissão técnica – que fica muito aquém do que merece o GRÊMIO, por seguidos anos.

Está se fazendo necessária a conscientização do sócio para a próxima eleição. E que este não se contagie pela omissão, ou que não se engane com promessas impossíveis e tendenciosas. Que o sócio seja bravo, seja forte e seja mais do que tudo GREMISTA. O GRÊMIO, agora, conta com tua perspicácia e entendimento. E só tu, sócio GREMISTA, pode mudar este marasmo. “TCHÊ” enche de GREMISMO e ajuda o GRÊMIO a entrar no caminho que sempre foi o dele – o de grande campeão.

Ana Vilches

Futbol – Doble Fuerza

 

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

4 respostas a “Observação e apelo.”

    • Além de um texto forte e firme como este, que nos motiva e inspira nosso gremismo, a tradução do vídeo é também uma grande dica! Dale Grêmio, sempre!

      Fútbol – Doble Fuerza

      Estoy en mi barrio cerca del estadio
      La cancha se empieza a llenar
      El partido esta por comenzar
      Y en las tribunas no queda lugar
      La hinchada empieza a cantar
      Esperando que entre el equipo local
      La emocion esta por estallar
      Futbol pasion ganar o ganar.
      El caldo se pone pesado
      Y las hinchadas se invitan a pelear
      La local se la banca mas
      Mas que todas las demas
      El partido esta por termimnar
      Y todos se juntan para pelear
      Cuando estan todos listos para luchar
      Los que boquearon ya no estan mas.

      Visitante sos un vigilante
      Visitante no tenes aguante
      Visitante sos un vigilante
      Por boquearla vos cobraste.

      Este es el final de esta historia
      El partido ya termino
      Vinierono con mucho entusiasmo
      Y nuestro equipo es el que gano
      Esto es futbol, futbol accion
      Es una gran emocion
      El contrario se puso a llorar
      Y el nuestro las llevo de ganar.

      Los que boquearon ya no estan mas
      Visitante no te la bancaste
      Por boquearla vos cobraste
      Visitante sos un vigilante
      Visitante afuera no te la mancaste.

  • Excelente Ana!!!!!
    Com certeza lá no Olímpico temos a fórmula do TRIUNFO, porém infelizmente estamos mais preoucupados com desejos pessoais e individuais que estamos esquecendo de colocá-la em prática.
    O Grêmio sempre foi pioneiro, na América do Sul passamos o laço em nossos hermanos uruguayos e argentinos muito antes de 2006, em terras tupiniquins cruzamos o Mampituba muito antes de outras equipes, cruzamos aceanos e derrubamos os alemães em solo japonês já na década de 80 e hoje estamos a mercê dos ventos.
    Quem já conquistou o Rio Grande, o Brasil, a Amércia do Sul e o Mundo é possuidor da fórmula das glórias, basta coloca-lá em prática, a FESTA, bueno, a festa a gente do Grêmio também é pioneira, temos a fórmula, não somos AMARGOS sabemos honrar aqueles que nos foram leais.
    ARIGATÔ GRÊÊÊÊMIOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *