Mesmo após dois dias, não poderia deixar de fazer uma pequena crônica do jogo. Não vou entrar no mérito das polêmicas extra campo, pois não é o meu objetivo aqui.

Bom, seguindo no jogo de domingo contra o Bahia, vou começar já constatando um fato. Notaram que Werley não jogou e Pará entrou no segundo tempo? O GRÊMIO venceu… mera coincidência? Creio que não. Por mais que Matias Rodrigues não seja um bom marcador, mas no apoio é superior ao concorrente de posição e está apenas em seus primeiros jogos. Ao contrário, Pará já possui 153 jogos com a camisa tricolor e se jogou bem dois jogos foi muito. Mesmo que Geromel não seja o zagueiro que precisamos, ainda sim é melhor que Werley, o qual eu não entendo porque foi ressuscitado. Preferia na zaga Saimon ou Bressan.

Jogo sem grandes lances de ataque, sem muita qualidade técnica, porém um jogo que nos trouxe três pontos importantes para nós, pois estamos em 6º lugar, próximos da ponta de cima da tabela. Que importa ter grandes jogadas que não se efetivam em gols? Vimos isso na quinta-feira passada. Se for para escolher prefiro a efetividade, os três pontos, a vitória, antes de tudo.

Bom, falando mais do time, queria ressaltar mais alguns detalhes: Fellipe Bastos se mostrou mais uma vez peça fundamental, seguro na defesa e simples nas assistências. Não à toa que participou da jogada que resultou em gol. Dudu foi bem mais uma vez, está simplificando e isso me agrada, pois o simples é o mais eficaz. Barcos por vezes saiu da área, que não é a dele, mas quando esteve na área estufou a rede. Mas o crédito do golo vai para o time inteiro que veio de uma bela jogada coletiva entre Fellipe Bastos, Giuliano, Dudu e Barcos. Matheus Biteco foi o melhor do time na minha visão. Entrou muito bem, teve o “feeling” de saber atacar e saber defender. Espero que a evolução continue, pois é cria nossa. Por mais que Alan Ruiz não tenha ido bem acho importante um jogador como ele em campo, pois descola passes precisos e chuta de médias distâncias, podendo surpreender o adversário.

Enfim, seguimos jogo a jogo, ponto a ponto, humildemente produzindo nosso trabalho. Deixemos para trás o que aconteceu contra o Santos e esperemos que esse imbróglio todo se resolva e possamos ao menos mostrar nosso poder de luta no campo em busca da vaga na Copa. Que saibamos nos defender, nos resguardar e atacar e que saibamos impor limites aos adversários para que voltem a nos respeitar. Que possamos ver um time sem Pará e Werley ao menos.

Felipe Moreira
@FMGREMIO

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

2 respostas a “Importante são os três pontos”

  • ola felipe moreira,seu comenTario e ponTual e correto sobre o time,estou muito preocupado com nosso gremio,estao tentando calar nossa torcida, ate nosso presidente ou pior nossa propia torcida,a geral ou qualquer Torcida e patrimonio do gremio,sou contra qualquer ofensas racista,nao podemos deixar a midia acabar com nosso gremio,nosso presidenTe deve se reunir com as torcidas organizadas e chegar num acordo,e nao excluindo a geral,o gremio precisa de nossas torcidas e sempre sera a alma do nosso Time, espero que nosso presidenTe nao esteja fazendo politica ao suspender a geral,grato um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *