Ainda chateada, pela deformidade com que se apresentou o time do GRÊMIO na quarta-feira, tive o desprazer de ver um vídeo, ontem, onde um brigadiano desfere golpes desproporcionais contra torcedores, esbravejando que “aqui não é o OLÍMPICO”… “aqui quem manda é a OAS”.

Pois bem, senhor policial, se nos basearmos na sua violência e na sua atitude autoritária, então corremos o risco de confundir sim, Arena e OLIMPICO – porque sabemos que no querido MONUMENTAL, inúmeras vezes fomos agredidos pela polícia. Porém, vou lhe explicar que para o torcedor GREMISTA, o senhor não necessitava se dar o trabalho, de redundante observação. Tudo que se tem feito contra este torcedor, neste novo estádio, já indica bem quem manda.

Não tem mais desculpa desta construtora, que minimize o tratamento abusivo, dispensado ao torcedor do GRÊMIO. E não tem nada que abone a direção, em tamanha apatia e submissão, neste caso. Tais episódios são inadmissíveis, são vergonhosos e de repercução bombástica, por todos os lados, menos na diretoria do clube. Então me questiono: nos próximos 20 anos, estaremos não só financeiramente, nas mãos da OAS? Não teremos autonomia para torcer, para fazer o espetáculo que sempre fizemos e que inúmeras vezes foi responsável pelo sucesso do GRÊMIO? Quer dizer mesmo, que seremos proibidos, durante 2 décadas, de sermos quem sempre fomos? Não me surpreendo, se daqui há um tempo, a OAS anunciar um novo nome para nosso clube.

Meu sentimento hoje é de indignação e de profundo temor, pelo cenário que se afigura no GRÊMIO, nos próximos anos. Em campo, não é de agora, já mudamos completamente nosso jeito de jogar; mudança esta, forçada por direções que sempre colocaram seus interesses pessoais à frente dos interesses do clube. Nas arquibancadas, tivemos um contágio perigoso e muito nocivo ao GRÊMIO, que ainda bem, se restringe a apenas algumas peças – nossa grande maioria ainda vai a cancha pelo GRÊMIO, pela camisa… pelo amor. E agora essa novidade; somos melhor tratados fora de casa, do que no lugar onde deveríamos encontrar nosso maior alento.

Imagino que esta síndrome que abala o torcedor, está atingindo também o elenco de jogadores. É notável o desconforto deles, no nosso campo. E também é notável que algo anda se quebrando no vestiário.

Confesso que estive muito mais esperançosa, mas não mais desejosa, desta COPA. Vejo as agruras internas desmotivando e descaracterizando aquele GRÊMIO que acendeu uma luz na expectativa que tínhamos dele. Vejo um técnico que vinha fazendo o que havia dito que faria e agora, de repente, se transformou em um ditador desregrado e de objetivos duvidosos.

Ainda acho que podemos seguir na COPA, porque meu sentimento pelo GRÊMIO é como ele; imortal. Mas vejo, hoje, no clube, muito mais erros do que acertos, muita convicção teimosa, muito brilho e estrelismo para pouco futebol. Que vocês, que se dizem nos representar, ensinem estes jogadores a jogar como GRÊMIO, repudiem qualquer ação injusta da brigada militar, contra torcedores e mandem já a OAS para aquele lugar.

No Chile, GRÊMIO, seja forte, aguerrido e bravo!

Ana Vilches
@anagremiovedder

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

48 respostas a “Até quando seremos reféns?”

  • Acho que diversos problemas tem acontecido e ajustes tem sido feitos, com em qualquer mudança.

    Na questão Arena, muitos críticos tem misturado coisas que na verdade não dizem respeito à OAS e a Arena, e transformado isso em um sentimento que em nada vai ajudar o Grêmio.

    Sentimento que pode ser sentido neste texto e que faz com que muitos, a maioria massa de manobra, realmente queira mandar a OAS “para aquele lugar”.

    Críticas em relação à operacionalização (aquisição de ingressos, custo, proibições comportamentais, como fumar, ficar em pé e tirar a camisa), cada um concordando ou não, pode se manifestar e buscar o que acha melhor para si. Eu, por exemplo, concordo com a proibição do cigarro, mas descordo da de tirar a camisa e ficar em pé, que, inclusive, já foram revogadas.

    Agora, tem gente criticando a Arena pelo comportamento da polícia, como neste texto e no vídeo referido, onde uma torcedora freneticamente coloca na OAS a responsabilidade da truculência da polícia.

    Outros colocam a deselegância e a falta de educação de terceiros que ocupam cadeiras que não lhes pertencem, na conta da Arena e da OAS. Como se a empreiteira fosse culpada da má educação do brasileiro.

    Enfim, vejo uma generalização por vezes imbecil e, uma torcida que deveria estar abraçando e ajudando a construir a imagem do estádio, acaba por prejudicar o próprio time quando aumenta a animosidade.

    • Alexandre, em apenas uma coisa concordo contigo: A culpa não é da OAS. A culpa é de quem não protege o torcedor. A culpa é sim de uma direção omissa com os interesses do clube e do torcedor.
      Basta lembrar que a BM desrespeita o torcedor gremista desde os jogos no Olimpico. O torcedor jamais foi defendido.

      • Onde anda a direção? O maior patrimônio do clube, a razão da sua existência, a TORCIDA, APANHA na mídia, dos bombeiros e, de fato, da Brigada Militar, e o PRESIDENTE sequer não é capaz de dizer uma palavra para defender ou confortar o torcedor????? Onde anda o Koff???? Onde anda a diretoria do Grêmio neste eposódio todo? E no próximo jogo, como vai ser??? Essa diretoria está preocupada demais em fazer politicagem e esquece do torcedor!

    • Alexandre,

      sim, vários problemas tem acontecido; e não deveriam. Não é normal, uma construtora usar um material fraquíssimo, em um estádio que sempre foi descrito como o melhor da América. E isto só pra começar. Se um estádio não está em condições de uso, não deve ser inaugurado.
      Quanto ao sentimento dos GREMISTAS, ora, se somos maltratados, se somos negligenciados pela direção, tu esperas mesmo que tenhamos um sentimento de confiança? O GRÊMIO tem um compromisso com seu torcedor, porque vive dele. E se este torcedor se sente incomodado, é obrigação do GRÊMIO, no mínimo, dar voz a este torcedor.
      No video em que me refiro no texto, nenhuma torcedora esta falando da OAS; se não estamos falando da mesma coisa então nem adianta discutirmos. Mas a questão da polícia sendo agressiva injustamente com os torcedores do GRÊMIO, deve muito dizer respeito a direção.
      Generalização, é o que a imprensa tem feito e também com o apoio de alguns dirigentes. Porque assim como a OAS e o GRÊMIO não tem culpa da má educação de alguns brasileiros, a torcida inteira não pode pagar pela “deselegância” de alguns torcedores.
      Te digo uma coisa, o torcedor do GRÊMIO só quer ser respeitado… pelo seu amor, pela sua dedicação ao clube e porque o GRÊMIO, para nós torcedores, representa tudo. E se este sentimento está errado, então o que eu disse antes sobre a intenção que alguns dentro do GRÊMIO tem, de modificar quem somos, é muito verdade.

    • esta semana retirei minha cxarteira da arena,e, chamou a atençao que na carteira nao diz mais proprietario,simplidmente nao diz nada. quer dizer que eu perdi meus direitos,ou vou ter que recorrer a justiça para reaver o que adq1uiri por contrato e que me foi retirado sem ser sequer consultado?

  • É exatamente isso e melhor lembrar, já vi vários torcedores dizendo que por causa desses últimos acontecimentos estão pensando em se desasociar. Vale lembrar, que se como sócios hoje estamos de mãos atadas, continuaremos da mesma forma quando surgir a oportunidade. Aguardando setembro anciosamente. Parabéns! As suas palavras são o sentimento de todo o verdadeiro torcedor gremista.

  • Muito bom texto, só que veio tarde, a muito tempo peço um texto forte solicitando a renegociação desse contrato onde a o GREMIO DEVERIA SER NÃO SÓ O ADMINISTRADOR DA ARENA COMO SEU UNICO PROPRIETARIO.
    ISSO É POSSIVEL DESDE QUE NOS COTAMOS PARA ISSO, E UM TERMO DE RE-RATIFICAÇÃO CONTRATUAL PODE RESOLVER.
    QUANTO AO FUTEBOL EU ESTOU SURPRESO QUE SÓ AGORA FOI VISTO QUE ESSE TIME NÃO É O NOSSO GREMIO, POIS NÃO É AGUERRIDO NEM BRAVO E NEM FORTE.
    NOS TIRARAM NOSSA IDENTIDADE DENTRO DO CAMPO ( NOSSO PATRIMONIO INTRÍNSECO ), E ESTÃO PRESTES A NOS TIRAR NOSSO PATRIMONIO EXTRINSECO ( OLIMPICO ) É ISSO QUE ESTOU TENTANDO COLOCAR A MUITO TEMPO E FUI CHAMADO DE SECADOR E COLORADO,
    vou repetir : precisamos de um xerifão na zaga e um articulador rapido e criativo, não adianta empilhar atacantes se não há articulação eficiente, bem como não há jogadas pelas laerais do campo. PRECISAMOS URGENTE TROCAR O TREINADOR POR UM ADEQUADO AO GREMIO FORTE AGUERRIDO E BRAVO, PARA VOLTAR A SER UM TIME PELEADOR, DETERMINADO, VENCEDOR, O GREMIO DOS VELHOS TEMPOS.UM TREINADOR QUE PREVILEGIE O COLETIVO, JOGADAS ENSAIADAS E UM TIME LUTADOR DE ALMA CASTELHANA.
    PODEMOS E DEVEMOS NOS CLASSIFICAR, MAS DEFINITIVAMENTE ESSE NÃO É O MEU GREMIO. A MIM ESSE LUXA NÃO ME ENGANA, PODE ENGANAR OS TROUXAS PODE ENGANAR TODOS UMA DUAS VEZES, VAI ENGANAR ALGUNS OUTRAS VEZES MAS NÃO VAI ENGANAR TODOS SEMPRE.
    FORZA GREMIO FORZA GREMIO
    SALVE GREMIO SALVE GREMIO

  • Alguém precisa defender o torcedor gremista!
    Alguém precisa defender os interesses do Grêmio!
    Chega desses sugadores que pensam em si próprio! BASTA!

    Parabéns Aninha, pelo texto que representa nosso sentimento de torcedor.

  • A apatia e COVARDIA do time em campo reflete a Direcao. Como vamos exigir do grupo de jogadores raca, determinacao e que honrem as cores e a torcida, se nem mesmo a direcao tem forca e coragem para defender o clube e o associado frente aos abusos e desmandos da OAS … Vejo com enorme apreensao este momento do Tricolor, ja conseguiram acabar com a Geral, e com o conceito de socio torcedor (não tem mais descontos atrativos e acabaram com o Goleada Tricolor em eventose jogos na Arena). O que vai sobrar deste momento que estamos passando ? Espero que os nosso porta vozes (conselheiros) do clube possanm erguer a voz e exigir mudancas junto a direcao !!! Abraco a todos os Gremistas … GREMIO DO PRATA…ajudem o Gremio, cobrem a direcao, exijam mudancas, salvem o TRICOLOR, ou pode ser tarde.
    @neco_rs

  • Concordo com o artigo e com o sentimento de que esta transição deveria estar sendo melhor capitaneada, onde os interesses do torcedor estivessem em primeiro plano.

    Agora, tem uma coisa: Não tenho visto nenhuma crítica ao comportamento de certos torcedores que estão prejudicando esta transição. Ninguém fala que o estádio está SEM ALMA pois aquele IMBECIL da geral atirou um tambor na cabeça de outro torcedor, na frente de todo mundo. Caso estes IMBECIS tivessem um melhor comportamento, poderíamos ter hoje um estádio muito mais bonito, com banda e trapos, facilitando o sentimento de “estou em casa”.

    É importante esta mea culpa, pois todos devem se unir na busca do mesmo objetivo. Conflitos e brigas por poder de nada ajudarão o tricolor.

  • TENHO 58 ANOS E NUNCA VI UM TIME, DURANTE TANTO TEMPO , “TENTAR” ENCONTRAR UMA EQUIPE DE FUTEBOL COMO TEMOS AGORA, JÁ QUE ATRIBUÍMOS A UM DITADOR (O WANDERLEI) O DIREITO DE COMPRAR E MANDAR EMBORA QUEM ELE QUER. E O PATRIMÔNIO DO CLUBE, NÃO ME REFIRO SÓ AOS JOGADORES , MAS A MANEIRA DE JOGAR QUE DESAPARECEU AO LONGO DO TEMPO, CADÊ A FAMOSA “PEGADA” E O QUE HOUVE COM A VONTADE DE VENCER E A INDIGNAÇÃO JUNTO AOS ÁRBITROS QUANDO ROUBAM DESCARADAMENTE DO GRÊMIO??? A DIRETORIA OMISSA E PREGIÇOSA E COMPLASCENTE . SERÁ QUE NÃO TEM UM DIRETOR PARA DIZER AO WANDERLEI QUE ELE SÓ TEM QUE DIRIGIR O TIME E NÃO AO CLUBE.

    • Tens razão, Ilton.
      A filosofia de pegada do Grêmio foi jogada no lixo já faz alguns anos.
      Hoje o que temos é esse futebol carioca! Quem irá resgatar nossa história?
      Quando ouço os atuais dirigentes e vendo o perfil deles, temo que levemos mais algum tempo nesse futebol toque-toque sem sangue.

  • fico feliz em ler este texto, no ultimo jogo sofri uma agressao por parte da policia antes do jogo sem ter feito absolutamente nada. Ganhei mais pontos do que o gremio aquele dia. Uns 10 pontos na cabeça para costurar o corte que um cacetete policial fez.
    Obrigado pelo texto.

  • Não tem como se sentir EM CASA no que NÃO É NOSSO… O desrespeito com a torcida só mudou de endereço… Pelo menos no glorioso Olímpico Monumental estámos em casa, sabíamos onde estavam nossos amigos e familiares… Essa história de creditar maus resultados ao gramado, à imprensa “vermelha”, à falta da avalanche é bobagem… E o time em campo só piora as coisas… ta na hora do véio Koff chegar no vestiário e mostrar quem manda. Fora de campo o Grêmio já é refém da OAS, no futebol não pode ser refém desse malando enganador que é o Lixoemburro… Esse Grêmio, da arena de aluguel, do time sem alma, do Luxa, não é o MEU GRÊMIO…

    • Pois é! O estrelismo está prejudicando muito o GREMIO. Um militar disse (não lembro quem, mas é alguem importante) que o dia mais feliz de sua vida seria aquele em que visse os arsenais vazios e desativados. Penso que para nós, torcedores do GREMIO, no momento o dia mais feliz seria aquele em que Fábio Koff e Paulo Odone aparecessem nas tribunas da Arena, abraçados e trabalhando juntos em benefício do GREMIO. A discórdia só prejudica a todos. “Se os senhores da guerra mateassem ao pé do chão, deixando o ódio pra tras, antes de lavar a erva o mundo estaria em paz”. Não aguentamos mais ver os dois dirigentes nessa “guerra de bugios”, o treinador brigando com jogador, prejudicando o jogador, o time, o clube (jogador é patrimônio do clube)e repercutindo na torcida. Dr. Fábio Koff, quanta infelicidade ao dizer que a Arena não é do GREMIO. Então de quem é? Da OAS? Pois a OAS ponha seu time a jogar lá e sua torcida nas arquibancadas… Se a Arena não fosse do GREMIO teria “alguem”, que não tem estádio, mandando seus jogos lá. Ora, Dr. Fábio, o Sr. tem muito conhecimento jurídico para saber que a Arena é do GREMIO, só faltando pagar. É como comprar um carro para pagar em prestações. Leva-se o carro para casa e fica-se pagando. De quem é o carro? Do vizinho? Por favor, senhores: HARMONIA é o que está faltando aos dirigentes, treinador e jogadores. Quem não conhece os senhores, pode pensar que estão querendo destruir o GREMIO, mas se esquecem que o GRÊMIO É IMORTAL.

  • Excelente o texto, Ana! Gostaria de Eu te-lo escrito,pois conjugo dos teus pontos de vista totalmente. Vejo o Grêmio hoje sem alma em campo e sem alma pelos dirigentes que tem a obrigação de reagir à situação de estarmos reféns da OAS (contratual, que precisa de revisão) e muito mais reféns do treinador (ou treinaditador) esse luxemBURRO, que expirou a validade, não ganha nada há muito, não ganhou nada aqui no Grêmio e se ficar vamos passar mais um ano sem títulos. Esse Grêmio, da arena de aluguel, do time sem alma, do Luxa, não é o MEU GRÊMIO…(já disse o Adriano Gremista)!

  • Na atualidade ir a um jogo do Grêmio é agressão dentro e fora das quatro linhas.
    Assistir o time do Grêmio “acariocado” e jogando sem lutar é agressão pura.
    Levar paulada da polícia sem mais nem menos é agressão e covardia, isso quando não tem um “oas” nos calcanhares te dizendo que somos “apenas” clientes.
    Assim estamos, lembram dos torcedores somente na época de elições.
    Me admira o Fábio André Koff calado.
    QUEM VAI DEFENDER O GRÊMIO E SUA GENTE???????

  • Vejo muita gritaria contra a OAS por nada. Fui a TODOS os jogos na Arena, exceto a inauguração (amiga extraterreste da namorada marcou o casamento para o dia), e não tenho reclamação de nada. No máximo uma fila criada em zigue-zague pela BM, mas a BM sempre fez das suas no Olímpico também.
    No mais, meu cartão também nunca deu problema, chego lá, sento, torço e pronto.
    Ah, fiquei em pé no corredor, disseram que não podia ficar, acatei, porque achei que realmente era o certo. Uma das coisas mais fodas do Olímpico era tentar ir ao banheiro ou bar num jogo cheio durante o intervalo. Tu simplesmente não conseguia passar pelas pessoas, pq estavam todas sentadas onde seria o corredor.
    No jogo contra o Flu, o torcedor deles invadiu a área gremista, a BM chegou dando pau na torcida do Grêmio. Errado. Botaram o cara para o lado do Flu e não prenderam. Errado. Mas e a OAS o que tem a ver com isso? Nada. Mas lá embaixo, onde eu estava, tinha gente reclamando dela, qdo a BM é que estava fazendo das suas.
    Está faltando tolerância para a torcida. A OAS é parceira do Grêmio e assim será por 20 anos. Ela não tem culpa que o time encariocado do Luxa não tem alma, não faz boa campanha e agora estamos aí por um fio.
    O time joga mal e a torcida protesta contra a OAS. No Olímpico, o time ia mal e uma briga estourava na Geral.

  • Ana e demais gremistas,

    Penso que a Brigada deve proteger os torcedores, e proteger inclusive da ação de alguns desequilibrados que vaõ a de um evento público sem terem consições pessoais para isso. No último jogo da Libertadores vi torcedores brigando a todo o momento, com a torcida adversária ou entre a própria torcida, desviando a atenção do jogo, podendo inclusive provocar tumulto e ferimentos nos demais torcedores. Depois vi num blog que uma torcedora ficou quase surda pois um IMBECIL disparou um sinalizador no local. A torcedora e seu acompanhante perderam a noite em ocorrencias e atendimento médico, mas podia ter sido pior. Depois do que aconteceu em Santa Maria e na Bolívia somente um DÉBIL MENTAL pode pensar em entrar num evento público carregando um sinalizador.
    Penso que as coisas mudam e o que era normal anos atrás hoje não é mais aceitável, pois, infelizmente, muitas pessoas deixaram de observar os limites do tolerável. Então, temos de nos adaptar a novas formas de torcer, que permitam que a Arena se torne um local pacífico e seguro, possibilitando que muitos que deixaram de ir ao estadio pelo ambiente hostil, possam voltar a frequentá-lo. Não acredito em time tocado pela torcida, se necessitar disso não tem personalidade e não ganha nada. E o apoio sereno e vibrante do torcedor ajuda mais que a agressão, a violência e a eventual comoção pelos acidentes que tais “torcedores” venham a ocasionar.

    • João, bom dia.
      Concordo muito com teu ponto de vista.

      O que todo mundo ignora, e a direção do Grêmio faz que não vê, tanto a anterior quanto esta, é que existem facções dentro da torcida. São grupos de marginais organizados que disputam os espaços. No Olímpico já estava tudo demarcado e dividido entre os dementes organizados. Agora na Arena, eles foram colocados todos em um único espaço e aí… o resto já se sabe. São estes marginais que brigam na entrada da Arena e são eles que fazem confusão dentro do estádio. O melhor que temos a fazer e evitarmos de ficar próximos aos brigadianos e sempre procurar os pontos com menor aglomeração de grupos. Não sou defensor da agressividade gratuita da brigada, até porque já fui vítima, mas também é duro para um brigadiano ter que lhe dar com esta situação de constante risco, ainda mais se o cara for colorado… vai aproveitar a situação para causar ainda mais tumulto contra o nome do Grêmio. É preciso inteligência emocional…

  • lembra uma musiCa de MILTON NASCIMENTO, MINHA CASA NAO E MINHA E NEM MEU ESTE LUGAR, ATE QUANDO VAMOS FICAR MAS MAOS DAS OAS, DAQUI POUCO ELES VAO DECIDIR QUE ROUPA DEVO IR PARA ARENA

  • Nunca passou pela cabeça de vocês que esse brigadiano deve ser colorado? Tudo o que ele quer, assim como muita gente, é fazer nós nos sentirmos mal com nossa nova casa. E estão coseguindo, mas por culpa nossa que nos deixamos influenciar por bobagens. A Arena é a nova casa do Grêmio, não tem mais volta, e digo mais, é um grande negócio a longo prazo, mesmo que talvez não seja de imediato. E a OAS pensa no lucro da Arena sim, mas esse lucro da Arena é 65% nosso pra quem não lembra. Tenho certeza que se nos unirmos na parceria ao invés de ficarmos brigando com nossa parceira e vendo defeito em tudo, teremos bem mais ganhos. Duvido que a OAS como empresa que visa o lucro vai querer tratar mal seus clientes (nós).

  • olha hermanos… estádio de futebol, reúne muita gente; gente de pensamento diferente, de índole diferente. é óbvio que sempre vai rolar um atrito ou outro – briga é imperdoável. o torcedor que vai pra cancha do GRÊMIO, querendo ou achando que está indo passear no shopping, obviamente irá se frustrar. futebol dentro de campo é força, é raça, é marcação acirrada e isto altera mesmo o comportamento da gente, o que nunca vai justificar sermos espancados, humilhados ou sermos submetidos a um estilo do torcer que se restringe à pipoca e palmas. a OAS é culpada sim, por nos empurrar uma construção muito aquém do valor que está cobrando; é culpada por ser enroladora e todos sabemos que a Arena não é seu único trambique. então, eu GREMISTA, apaixonada pelo GRÊMIO, vou assistir isso tudo calada? não. o tratamento que a polícia dispensa a nós torcedores, desde o tempo do OLÍMPICO, é inaceitável e realmente, quem tem que ter atitude a este respeito é a direção do GRÊMIO, não a construtora. A torcida do GRÊMIO, na sua maioria está concentrando bem corretamente cada problema em seu lugar. o que está errado é ter tantos problemas em toda esta transição, pois há anos se ouve as mesmas pessoas dizendo a mesma coisa, sobre experiência, sobre conhecimento e sobre competência para gerir o GRÊMIO, mas o que eu vejo é tudo ao contrário. se aceitarmos tudo sem nenhum questionamento, não seremos mais o GRÊMIO.

  • Prezados, bom dia.
    Acredito numa coisa muito simples: Somos donos do nosso destino.
    Está evidente que a Arena não nos pertence. Ela é um estádio privado arrendado ao Grêmio. Estamos sofrendo constantes deboches por parte desta entidade, porém como tudo em nosso país, os jogos estão tendo público acentuado. Por quê? Porque somos apaixonados por este esporte e pelo nosso Grêmio, simples assim. Não temos cultura suficiente para reivindicar nossos direitos. Infelizmente eu não consegui estar na inauguração da Arena e fui barrado pela Arena POA no jogo contra a LDU, simplesmente porque tive meu direito de sócio, dado pelo Grêmio, revogado por aquela entidade. Não sou sócio da Arena, mas apenas do Grêmio. Reclamei aos canais do Grêmio, e o que foi feito? NADA. Me disseram que não tinham gerência sobre o assunto. Então amigos, decidi que acompanharei meu Grêmio à distância e/ou no Olímpico. Na Arena, só quando esta palhaçada acabar. Se o nosso querido imortal estiver fadado a sair da Libertadores, eu espero, de coração, ver as arquibancada da Arena vazias no resto do ano, obrigando a FIRMA ARENA POA a baixar a crista para nós, verdadeiros donos do Grêmio. Porém, conhecendo nosso perfil brasileiro de ser, tenho certeza de que se eles oferecem alguns espelhos e colares de contas, as arquibancadas estarão cheias de apaixonados dispostos a passar por cima de seu amor próprio e de seu amor pelo Grêmio para ver um jogo e abarrotar os cofres da OAS de dinheiro.
    RESUMO – SOMOS BOBOS ALEGRES SEM CAPACIDADE E AUTONOMIA PARA PROTESTAR. ACHAMOS QUE PROTESTO É SINÔNIMO DE VANDALISMO. PROTESTO É NÃO IR AOS JOGOS NA ARENA E NOS REUNIRMOS PELOS BARES E RESTAURANTES PARA TORCERMOS PELO NOSSO CLUBE DO CORAÇÃO. ARENA É UTOPIA.

    • Luiz… muito bom teu comentário… concordo plenamente contigo. Mas vou te dizer que, o GRÊMIO DO PRATA sabe protestar e irá. Existimos para defender o GRÊMIO e para resgatar nosso espírito forte, aguerrido e bravo.Tu também tens uma visão muito boa e clara da situação do clube.

      • Oi Ana.

        Que bom que o Grêmio do Prata está com este espírito de defesa do Grêmio. O que temos visto (e eu conheci isso de perto) é um caldeirão de movimentos políticos dentro Grêmio borbulhando pelo poder. O Grêmio é um clube diferenciado e estão nos tirando isso. Sempre gostei de conversar com as pessoas mais velhas da minha família, todas coloradas, e sempre dizem a mesma coisa: “Não sei o que acontece no Grêmio, parece que tem um espírito por lá, o sujeito quando veste aquela camisa, muda de comportamento, os caras vão até as últimas forças, queria que isso acontecesse no inter…” (palavras sábias dos anciãos da família, hehehe). Infelizmente a última vez que ouvi isso foi em 2005…. o resto a gente já sabe. O Grêmio virou um time de “quase lá”… e o coirmão aprendeu a lição.

        • Ana e Luiz,

          Vou discordar que a Arena não é do Gremio. Ela é do Gremio tanto quanto meu apartamento finaciado é meu. Claro, será totalmente do Gremio quando quitar o financiamento, mas pede para o Inter ou outro time jogar lá pra ver se consegue. Além do mais, qual a alternativa que tínhamos se não temos dinheiro para construir um novo estadio? E qual time que tem sem pegar financiamento? E sobre as limitações ao modo de torcer, temos de ter racionalidade e ver que um evento com 50 mil pessoas é perigoso, ainda mais se existem pessoas que vão lá pra desafogar seu desequilíbrio. Para muitos desequilibrados, os jogos são oportunidade de exercitar seu espírito violento, para o prejuízo do Gremio. veja o show do Roberto Carlos, teve incidentes? Pelo que sei não. Então, não podemos pedir que a torcida vá com espírto de paz ao estádio? Se ela fizer isso não será um belo espetáculo? Não é nosso papel pedir isso ao invés de jogar gasolina? Não é óbvio isso? Temos de parar de alimentar a violência e a intolerância. Quando defendemos estes delinquentes que se fazem de torcedores, nós estamos pedindo liberdade para a violência. Assim é claro que a Arena não vai dar certo. E quem ganhará com isso?

          • A pessoa que não consegue ir ao estádio e ver seu time jogar mal e perder pois se torna violenta deve deixar de ir, pois é claro que o time pode jogar mal e perder, faz parte do futebol. Quem não consegue se controlar quando isso acontece deve ficar em casa e quebrar seus próprios móveis, pois o estádio não é nem nunca foi público, e mesmo que fosse não poderia ser depredado. Se hoje tem uma empresa cuidando deste patrimômio QUE É DO GREMIO, que legal, já devia ter começado há mais tempo. E a violência não ajuda em nada o Gremio, deprecia sua imagem, deixa o time intranquilo.

          • Bom dia João.
            Quanto a Arena, nossas visões não são muito diferentes, no que discordamos é na reação que cada um tem diante de um fato. Conheci pessoalmente a versão dos projetos iniciais da Arena, a construtora teria uma participação nos lucros, além de deter a propriedade da Arena, como num financiamento (exemplo muito bom dado por ti). Só que em um financiamento particular, se algo der errado tu vais reclamar. Tens teus direitos que devem ser respeitados. Não tínhamos uma opção melhor para construir o estádio e não há nada de errado em termos feito assim, em parceria. Eu mesmo fui grande defensor e disseminador desta ideia, porém a regra de negócio mudou durante o caminho. No formato que conheci quem ditaria o andamento da gestão de seu quadro social x Arena seria o próprio Grêmio, só que isto não está ocorrendo. Surgiu no meio do caminho a figura do “agenciador” ARENAPOA. Este agenciador está entre o torcedor e Grêmio, distanciando um do outro. As minhas críticas têm como alvo a prática do processo. Vejo coisas sendo executadas em ritmo de esculhambação, desrespeito e amadorismos. Amadorismos estes refletidos nas falta de informação, na falha dos serviços, nas condições precárias de acessos, jogo de empurra. E queira Deus que estrutura física da Arena não apresente falhas também.
            Relativamente aos baderneiros organizados, não são um problema do Grêmio e nem só do Brasil e tampouco apenas do futebol. São marginais 24 horas por dia, isso está neles e não é o fato de torcerem para o Grêmio que provoca isso neles. Estes são os maus elementos em tempo integral. O que infelizmente ocorre é que outros membros não marginais (digamos assim) adotam este comportamento quando estão no grupo. Adicione a faixa etária, o grau de educação familiar e falta de empatia com o próximo e assim terás o idiota que vai ao estádio fazer baderna ou porque é marginal ou porque anda com o marginal e acha aquilo legal. Temos dentro da torcida, diversas facções, que no Olímpico já possuíam as suas demarcações territoriais (só estou constatando um fato). Na Arena foram confinados em um único espaço. É tudo muito novo ainda. O processo de demarcação vai ocorrer todo novamente. Claro que nisso tudo está a mídia que dá o espaço, cria nomes, dá importância e repercussão e no outro dia a gurizada se reúne para ver a sua obra na TV e no jornal. Há! Mas nem tudo é vandalismo de adolescente, pois lá no estádio também está o imbecil que te ultrapassa pelo acostamento, que bebe e atropela pessoas, etc.
            Então caro João, já que acabaram com a cervejinha no estádio e que existem todos os esses problemas sociais e administrativos, fico eu com meus amigos de bar, assistindo aos jogos pela TV e tomando aquela gelada, xingando o Luxa, aplaudindo o Luxa, como todo bom torcedor passional… hehehehehe. O futebol é uma distração, não é a minha forma de vida, muito menos o meu ganha pão, infelizmente…. heheheheh

          • João Durval, vou responder aqui pois lá embaixo não abriu a possibilidade…hehe…
            Acompanhei meio por alto a condução da Arena pois a gente sempre confia que quem está conduzindo está pensando no melhor. Desde o início eu sabia que seria uma transição difícil. Quem não sabia disso? Sair de um estadio como o Olimpico para outro não pode ser fácil, ainda mais para um clube que ha pouco tempo estava na segunda divisão, com uma dívida imensa e SEM TIME.
            A relação Gremio torcedor na Arena não foi definida claramente, só foi definida no final, por ser muito difícil mesmo. Quak a empresa que constroi um estadio e deixa o clube dar acesso aos seus sócios de graça? Se o Gremio pagasse cada vez que vai seu sócio, ficaria uma situação esdrúxula de pedir pro sócio não ir aos jogos. E não vejo como poderia ter essa relação direta que voce diz, nunca entendi que fosse isso, ia ter uma intermediária, comandada pela OAS e Gremio conjuntam,ente. Mas a atual direção não indicou os representantes do Gremio, pelo que sei. Não sei onde querem chegar, mas para mim está faltando seriedade. Não sei se fariam isso com suas própria finaças, mas com as do Gremio fazem e deixam uma dívida imensa. Se levarem o Gremio ao fundo do poço depois quero ver os “campeões” se não vão sumir de novo. Me desculpa, tenho muito respeito pelo Presidente Fabio Koff, mas acho que está conduzindo muito mal. Se a Arena inviabilizou finaceiramente o Gremio, como dizem, de que forma foram contratar oito jogadores, alguns a peso de ouro, se já fomos o terceiro no brasileirão de 2012? E os que administram agora não estavam na administração do Duda Kroeff? Não deram seguimento ao negócio Arena? Agora não tem nada a ver com isso? Por favor, futebol é paixão mas um clube é uma entidade que tem orçamento, custos, não dá pra fechar os olhos e agir como idiotas conduzidos pelos espertos.

  • Ana, bom dia. Excelente texto e excelente visão a tua. É isso mesmo. A Arena está agindo como um agenciador de jogos. Daqui a pouco podem trocar o nome dela para ARENA POA simplesmente e mandar jogos de qualquer clube lá.

  • DIGO QUE ESTOU TRISTE E DESESPERANÇOSO COM NOSSO GRÊMIO.
    NÃO VEJO NOTÍCIAS DE ALGUÉM LUTANDO PELO BEM DO GRÊMIO, SÓ VEJO NOTÍCIAS DE PESSOAS USANDO O NOSSO CLUBE PARA SE PROMOVEREM E OU PARA DENEGRIR OS ADVERSÁRIOS (INIMIGOS)POLÍTICOS, QUANDO DEVERIAM ESTAR AGUERRIDOS SIM, UNIDOS SIM EM PROL DO NOSSO ÚNICO OBJETIVO QUE É A GRANDESA E O BEM DO IMORTAL TRICOLOR DOS PAMPAS.

  • O erro foi querer sair do Olímpico, que era o 3º ou 4º melhor estádio do País (os outros são Morumbi, Arena da Baixada e Beira-Rio). Nosso ex-presidente vendeu (literalmente) a ideia de que o estádio estava ultrapassado, era deficitário, pois custava 1 milhão de reais por jogo (mas promoveu um jogo, noturno, entre deputados e vereadores – quem pagou o 1 milhão?) e a maioria dos gremistas “embarcaram”.Agora,a Inês é morta. Qualquer atitude contra a OAS, inviabiliza o Grêmio, e, daqui a 20, quando a Arena for entregue ao Grêmio, vai estar sucateada, aos pedaços e necessitando reformas. Viva ODONE! Viva Antonini! Prá esses dois “gremistas” a ARENA OAS é uma maravilha!

    • Luis Fernando, pode ser que a opção pela Arena tnha sido um erro, mas todos sabiam do risco que havia. Se o Odone tem esse poder de convencer a todos devia ter continuado presidente do Gremio. Na verdade a conclusão que o olimpico estava ultrapassado e que não valia a pena reformar, valia mais a pena construir um novo, foi do Gremio e não apenas do Odone ou Antonini. A torcida pede paz aos dirigentes mas ela mesma fica jogando gasolina, neste caso não há paz. Penso que agora já tomamos essa decisão e temos de seguir adiante. Com uma renegociação do contrato, a torcida pacificada, a geral participando de nov mas com responsabilidade, pois a Arena é um ambiente diferente do Olimpico, acho que o Gremio pode ir para outro momento, bem melhor. Mas acho que todos os que querem o bem do Gremio devem colaborar pra isso. E no final de 20 anos a Arena não vai estar sucateada, a não ser que deixemos esse pessoal que confunde estadio com algo que pode ser depredado continuar a agir desta forma.

  • EU NÃO LÍ TODAS RESPOSTA SOBRE TEU MARAVILHOSO TEXTO . MAS NÃO É SÓ A TAL [OAS] É MUITO MENOS A BRIGADA MILITAR , PORQUE EU SOU FELIZ COM VITÓRIAS DO NOSSO GRÊMIO QUE PAGA UMA FORTUNA POR UM PUNHADO DE JOGADORES QUE ESTÃO SEMPRE QUEBRADO UM TÉCNICO QUE POR POUCO NÃO ENTERROU O ATLETICO MINEIRO A DIRETORIA ABRIU OS OLHOS ANTES QUE OS MINEIROS FOSSEM PARA SEGUNDA DIVISÃO ANO PASSADO O GRÊMIO NEM VICE DE NADA FOI E ESTA DIRETORIA RENOVA CONTRATO COM CRA DESTE QUE GOSTA MUITO É DE MIDIA ESTAMOS MAL NO GAUCHÃO E RUIM NA LIBERTADORES INFELISMENTE NÃO VAMOS LONGE EM NENHUM TITULO DE NOVO É PIOR O GRÊMIO INDIVIDADO COM ARENA É JOGADORES………..Vocês lembram da divida ZINHO E OUTROS???????????

  • Um exemplo quando terminou jogo entre São Paulo e Tigre em São PAULO em 2012 um repórter perguntou ao William José sobre que ele iria jogar no Sul no Grêmio ele respondeu com todas letras [INFELIZMENTE]esse nabo aqui até agora não veio ,Fabio Aurélio e outro ficou tanto tempo fora, agora recuperado fica no banco ,Moreno com este salário nem no banco nem relacionado para nada, isso é castigo? por puro capricho de alguns metidos da direção técnica, o Kleber não pode reclamar do moreno porque ele de Gladiador passou a cupido e vai por aí o garoto Leandro que foi para o Palmeiras problemas de habilitação afinal o garoto vai jogar futebol ou dirigir algum veiculo olha é muita incopetencia…….

  • Que porcaria de futebol eu assisti ontem , um ataque ridículo , o Vargas jogando para o adversário , o maluco do técnico mais uma vez na mídia o cara com este contrato um mal necessário , que Merda , estamos sobrevivendo ,jogadores de bom valor e de qualidade “Bressam e Alex Telles”…………ZÉ ROBERTO O CARA.

    • Pois é Luiz, boa tarde.
      Creio que li nesta lista um comentário muito pertinente, que o nosso Grêmio está formando time desde 2005… Nunca gostei da contratação do Luxa, talvez por ranço meu desde os anos 90 por conta dos embates contra o Palmeiras, sei lá. Não consigo me acostumar. Culpa disso é do Felipão que nos ensinou a ganhar campeonato na base do abafa, do preparo físico e da vontade. Camisa como segunda pele do jogador… “sangue nos zóio”. Totalmente motivacional. A gente ia ao jogo só para ver como o Grêmio iria se classificar ou ganhar, pois isso era certo. A gente aplaudia até quando perdiam. Olhando para hoje, vejo um time ser virado ao avesso a cada jogo. Num o Barcos está armando as jogadas e servindo ao Zé Roberto e ao Vargas e quem mais se apresentar na área, no outro o Barcos está enfiado na zaga adversária, isolado e de quebra a gente tem que assistir o Morto Antônio e o Loro José jogando. Sem falar no B1 e no B2 (Bananas de Pijamas)… os irmãos Biteco. Mas enfim, estou desanimado.

      • Pois né, mas no final de 2012 a torcida pediu “Luxa Luxa”. Se tivessem mandado embora e agora estivesse ruim talvez os mesmos estariam criticando. O Leandro, Leo Gago, o André Lima, o Marquinhos, eu achava bons jogadores, mas não dava nem pra falar que alguns torcedores te agrediam, achavam que não podiam vestir a camisa do Gremio…Já o Barcos chegou como solução, tenho um amigo gremista que chegou a dizer que ele era quase um Messi….Se tivessem dado ao André Lima a sequencia que estão dando ao Barcos talvez estevisse empilhando gols….Ou seja, o torcedor hoje quer grandes contratações, grife, no tempo em que ganhávamos não era assim…E futebol não se ganha com contratações, mas com espírito…..Digo isso pois temos de ter mais humildade, depois sobra a crise e uma imensa dívida e os “campeões” desaparecem….

  • Todos os comentário são pertinentes. Mas o que mais me dói é ver o quanto a “Imprensa vermelha” (RBS) faz noticias negativas para intranquilizar os torcedores e o time do Grêmio, diariamente. Vocês já contaram quantas noticias ruins rolaram desde o início do campeonato Gaúcho naquele “jornal vermelho” (ZH). Primeiro foi o salário do Kleber, depois foi a polêmica sobre o vira Casaca do “Gabriel chinelinho”, depois durante meses foi manchada a imagem da ARENA com a ajuda do Ministério Público e a vermelha Brigada Militar. Depois aquelas bombas no estádio (o cara estava com a camisa do Grêmio mas certamente ele é vermelho). Em seguida foi o caso co Marcelo Moreno, depois chegaram a falar que o Barcos havia brigado com Luxemburgo. Falaram também que o Vargas estaria tendo um caso com uma moça, namorada de um jogador da seleção Chilena. Ha! sem contar que eles, os vermelhos da beira do rio, antes dos jogos do Grêmio dizem que estão interessados nesse ou naquele jogador do nosso adversário. Acho que a nossa Direção deveria policiar esses Coneteiros Vermelhos, e quando eles lançassem essas noticias ruins fossem imediatamente rebatidos nos mesmos programas ou na mesma hora que fizessem a intriga. Pobre Grêmio, temos que lutar contra uma máfia vermelha, incluindo a Federação Gaúcha.

  • Todos os textos falam a verdade. Depois da desclassificação para o Juventude quero divulgar uma carta à Diretoria do Gêmio que estou enviando:
    Porto Alegre 28 de abril de 2012

    Carta ao Presidente Fabio Koff e Diretoria

    Prezados

    A minha paciência esgotou, pois é muito difícil que um torcedor que paga as suas mensalidades em dia, compre materiais da loja do Grêmio, faça tudo pelo Grêmio, tenha que conviver durante 12 anos com derrotas e mais derrotas.
    Lutei para tirar um Presidente incompetente do poder no Grêmio, que deve usar uma camisa vermelha por baixo, chamado ODONE e parece que o Koff está indo pelo mesmo caminho.
    Agora já fazem 2 anos e meio que estamos refém de um treinador no mínimo ultrapassado, porque o time que ele tem nas mão não tem conjunto, é um bando de jogadores medíocres ganhando milhões, qualquer timezinho do interior formado em seis meses é capaz de ganhar do Grêmio.
    Este jogo contra o Juventude demonstrou isso, é de chorar a incapacidade do Luxemburgo, ele é um treinador carioca, não tem o conhecimento que tem os treinadores Gaúchos, haja vista que todos os treinadores campeões da Libertadores e do Mundo no Brasil são Gaúchos ou aprenderam aqui no RS.
    E o que me tem tirado o sono, é que a Direção do Grêmio está também refém desse treinador que não ganhou nada nesses 5 anos, minto, ganhou sim, mas muito dinheiro do Flamengo do Atlético Mineiro quase o levando para s 2ª divisão se não me engano, e do Grêmio atualmente. Claro, nós usamos bombacha, trouxa!!!.
    Portanto Presidente, não vou mais pagar mensalidades, e a minha sorte, é que não comprei nenhuma cadeira da Arena que é outra porcaria que foi feita pelo ODONE.
    Vou fazer campanha junto aos meus amigos gremistas para não pagarem mais as suas mensalidades, nem comprar mais nada do grêmio, e não mais irem a jogos, pois é só para ficarmos frustrados com tanta incompetência.
    O próximo passo do grêmio agora é sair da Libertadores, aí eu quero ver a cara deste Luxemburgo enganador malandro e o que ele vai justificar.
    Acredito firmemente que o Grêmio tem de ter um treinador Gaúcho,(tem o Mano, tem o Felipe, o Renato Portaluppi, tem o Paulo Porto) tem muitos outros no interior que já ganharam do Luxa, que é a coisa mais fácil que tem hoje em dia. Para termos o Grêmio com cara de Grêmio, tem que sair o Luxa, pois este Grêmio tem cara de Luxemburgo, não ganha nada. E já fazem 2 anos e maio.
    O Cuca no Atlético Mineiro em menos de um ano montou o time que estamos vendo, teve a melhor campanha e entra para ganhar sempre. E nós entramos pra que? Pra perder ora!
    O nosso time é uma merda!
    A Direção é outra merda!
    O Luxemburgo é a maior merda!
    O Grêmio está uma merda!
    Mas o clube Grêmio não merece tanta merda junta. Por isso conclamo a todos os torcedores a dar uma resposta a esta merda toda
    NÃO PAGUEM MAIS MENSALIDADES E NÃO VAMOS MAIS AOS JOGOS DESTES INCOMPETENTES!!!!

    Engº Francisco Cloir Ribeiro Alves
    Torcedor sofredor de 11 anos sem nenhum título importante

    • Francisco, boa tarde. Muito boa a tua carta. Porém existem eventos que nós torcedores devemos começar a questionar. Esta transição está no meio da fogueira das vaidades ainda. Só que nós torcedores queremos é título, até nos interessamos por outros aspectos, mas cara, sem títulos não dá. Portanto o teu desabafo é muito pertinente, só que infelizmente o trato dado a este tipo de manifesto é que o torcedor é passional e não entende o mecanismo. Em outras palavras, é mesmo que nos chamarem de burros. Eu ouvi isso algumas vezes e me decepcionei profundamente. Agora se tu realmente vais deixar de financiar, aí sim, o protesto terá efeito. Só não esquece que esse pessoal passa e o Grêmio fica.

      • Prezados,
        Acho que “só o amor constroi”, como disse o outro Francisco, o de Assis….Ou seja, aquele que “paga a sua mensalidade” e busca um retorno está buscando um negócio, e o amor pelo clube do coração deve ir alem de um conta corrente de lucros ou prejuízos….Se meu filho não correspode ao que queria nem por isso vou abandoná-lo, ou não deveria…..O veradeiro gremista deve saber comemorar o Gremio, estando bem ou estando mal…Os dirigentes todos que passaram podem ter sito incompetentes, mas com certeza TODOS quiserem acertar, são grandes gremistas…..O torcedor que hoje chama o Luxa de merda falava o que no final do ano passado, quando a maioria pediu o nome do Luxa? Futebol é difícil, não se sabe o que vai acontecer, contratas um grande jogador e ele não dá certo, outras vezes contratas um desconhecido e ele arrebenta…e isso depende do espírito da torcida, ter amor, paciencia…..Ultimamente a torcida do Gremio destroi com seus jogadores, ninguém serve….Se contratarmos o Messi em um mes vira um cabeça de bagre…Quem se diz gremista tem de conhecer melhor o seu clube ao inves de “jogar merda” sem saber do que está falando…..

  • DIA 17 DE MAIO DE 2013 APÓS OUTRA DERROTA.

    QUANDO É QUE O GRÊMIO VAI PENSAR NO TORCEDOR!!! NOS IMPÕE VEXAMES ANO APÓS ANO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *