Para começar:

Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos…

Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim… do companheirismo vivido… Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre…

Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe… nos e-mails trocados…

Podemos nos telefonar… conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar… meses… anos… até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo…

Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E… isso vai doer tanto!!! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente… Quando o nosso grupo estiver incompleto… nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrima nos abraçaremos…

Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado… E nos perderemos no tempo…

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades…

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores… mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!!

Vinicius de Moraes

Eu e as amigas fizemos uma adaptação na frase: “O que o DEUS uniu, o homem não separa”. Ficou assim: “O que o GRÊMIO uniu, ninguém mais separa”. Confesso que tenho amigos de infância, tenho amigos de profissão, amigos de verão, amigos de festas, amigos do dia a dia, todos especiais. Um dia entrei num tal de ORKUT, fiz amigos virtuais, alguns conheci e bastou para virar AMIZADE. Com a evolução tecnológica veio o TWITTER, fiz uma conta e então vieram os seguidores que são muitos, mas os mais importantes são OS AMIGOS que ali estão, estes UNIDOS PELA PAIXÃO, essa paixão chamada GRÊMIO.

É estranho um bando de gente gostar de futebol, mas não é só isso. Temos muitas outras em comum, ou quando não temos basta ser GREMISTA, basta o encontro marcado sempre no mesmo local e horário certo, com fotos para comprovar, pode ser de grupo político, pode ser jornalista, pode ser blogueiro, pode ser Musa, pode ser anônimo, basta ser GREMISTA, basta ser AMIGO.

Melhor ainda é assistir ao jogo em qualquer setor do estádio. Uma vitória do TRICOLOR… Nossa! Melhor ainda poder ver meus amigos sorrindo na hora do GOL – Isso não tem preço. Bom mesmo é cantar parabéns para uma amiga no pátio, bom mesmo é saber que meu filho e marido (que também são meus amigos) estão lá.

Como é maravilhoso ter amigos, todos diferentes, com pensamentos diversos, diversas opiniões. Tenho AMIGOS REALISTAS, os POLITICAMENTE CORRETOS, os FANÁTICOS, os BORRACHOS Y LOCOS, os PESSIMISTAS, os SENSATOS, os INTOLERANTES, os CORNETEIROS e tem osEM CIMA DO MURO, eu estou entre um desses.

O que mais me importa é que eu sou Feliz por ter todos esses amigos APAIXONADOS GREMISTAS na minha vida, esta vida que não sei até aonde vai, então vamos viver AMIGOS! Isso mesmo, sem vírgula.

Adriana Hrymalak Llantada
@DRIGREMISTA

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

5 respostas a “Unidos pela paixão”

  • Lindo texto!
    “O que o GRÊMIO uniu, ninguém mais separa”.
    Essa adaptação diz tudo, representa tudo que o Grêmio é para nós.
    Temos nossas almas azuis celestes.
    As amizades que este amor descontrolado nos trazem só aumentam a grandiosidade do Grêmio.
    Quanta emoção, quantas lembranças…
    Essa sensação, essa alegria de estar com pessoas tão gremistas, que entendem cada milimetro do meu amor pelo Grêmio é indescritivel.
    A paixão pelo Grêmio e carinho pelo amigos nenhuma faculdade ensina e nenhum outro time tem.
    Com certeza muita gente como eu deve ter chorado de emoção lendo teu texto. Lembrando de momentos vividos no nosso querido Olímpico.
    E esse choro é tão bom! Me reunir com os amigos da força e amparo, para suportar as fases de tristeza como essa que vivemos há 11 anos.
    O Olímpico será eternizado em nossos corações assim como nossas amizades.
    Dalê, dalê Tricolor que une gremistas e que nos dá a vida!Somos do nosso tricolor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *