Prezados,

Não é de hoje que escuto de antigos e de nem tão antigos conselheiros a respeito de nossa (e de qualquer outro Movimento interessado em ingressar na vida política do clube) a seguinte expressão: “falta de experiência”.

Pois quero me referir apenas a estes que proferem estes absurdos. E, apenas a estes: DISPENSO a “experiência” dos mesmos.

Motivo?

Bom, basta relembrarmos o Grêmio de no mínimo uma década para cá. Fracassos, omissões, amadorismos e falta de entusiasmo destes mesmos no exercer de suas atribuições.

Nenhum dos que proclamam isso, atualmente, tem sequer o direito de pensar em tolir a perspectiva daqueles que aspiram com legitimidade a tão somente contribuir com o clube.

Não me serve, portanto, a experiência de pessoas, por exemplo, que se OMITIRAM ao ver o Grêmio afundar para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro!

Não! Definitivamente não me serve, e não serve a ninguém (seja de qualquer outro grupo político) o exemplo e as atitudes destes no passado recente do clube.

Se acaso um Fábio Koff, um Hélio Dourado ou um Renato Souza tivessem assim o dito, e jamais o dirião de maneira inadequada e indelicada, pela conduta destas pessoas, eu aceitaria e, mais que isso, aprender iria.

No entanto, esta crítica baixa vem de setores derrotados do clube. Derrotados sim, pois nada de relevante fora feito e nada de relevante continua a ser feito pelos mesmos. Além disso, podemos acrescentar a omissão no tratar de assuntos de extrema valia que, com certeza, definiram e definirão os rumos do clube.

E aí então, meus amigos, entra por um ouvido e sai pelo outro.

Pra terminar, é lamentável que estes mesmos, dotados da “experiência” que levara o clube a nada e abaixo do nada, convertam a história viva e ainda ativa do clube em algo semelhante a um busto ou estátua erguidos no pátio do estádio Olímpico.

Falta de respeito de gente que vê o seu tempo se esgotar, para com o passado, e para com o futuro.

Humildade faz bem à alma.

Atenciosamente,

Rogério Fallavena
Presidente do Movimento Grêmio do Prata


Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

13 respostas a “Nota oficial: humildade e respeito!”

  • Engraçado, Fallavena, estas mesmas pessoas falam tanto em AGENDA POSITIVA e “união” entre os Movimentos políticos do Grêmio, mas, nos bastidores, fazem exatamente o contrário.

    Pior: a tão sonhada agenda positiva e “união” entre os grupos políticos só serve e é adequada se eles estiverem no comando do navio, ou se as ideias destas pessoas forem as soberanos. O resto que se cale.

    Não! Aqui não vamos nos calar. Aqui, será dito a VERDADE, doa a quem doer.

    No GRÊMIO DO PRATA, queremos um PROJETO DE GESTÃO INSTITUCIONAL ao clube, projetos que sejam contínuos, projetos que sejam do Grêmio, não de pessoas.

    Aqui, no GRÊMIO DO PRATA, NÓS vencemos, NÓS perdemos. Não existe o “eu”. Existe o clube e suas convicções.

    Portanto, continuaremos a lutar e abrigar por gestão de caráter INSTITUCIONAL, trabalhos sérios, bem escritos e pensados.

    Nomes que queiram participar e agregar serão sempre bem-vindos. Agora, siglas e pessoas que querem a atenção para si ou para seu Movimento JAMAIS terão nosso respeito.

    Abraço!

  • Infelizmente não dá mais pra aguentar alguma mudança tem que haver, pois tomar gol de escanteio no primeiro pau e para time e zagueiros amadores

  • BASTA! Chega de teóricos que ficaram anos no Grêmio apenas por status. Chega de conselheiro que ficou anos no Grêmio e NÃO FEZ NADA! Chega de conselheiros que fazem média em redes sociais e se preocupam mais com o rival do que com o Grêmio!

    É muito mimimi. Ao invés de se preocuparem com o Grêmio do Prata, podiam se preocupar em montar projetos para o clube e não ser “os maiorais das redes sociais”. Façam algo pelo clube!

    O clube é reflexo da direção e do conselho. Uma VERGONHA! O déficit do clube beira os 20 milhões de rais e não fazem nada? Estão lá pra quê?

    Eu não espero absolutamente nada das pessoas que estão HOJE no Grêmio. Mas isso vai mudar em breve.

  • O destino não é uma questão de sorte, é uma questão de escolha. O Grêmio está pagando por suas escolhas, derrotas, derrotas e mais derrotas de um tempo para cá.
    Nosso último título veio com uma derrota, 0 x 1, lembram?
    No penúltimo grenal deu 2×1 pra nós, no final todos enalteceram a palestra do Roger. O 1º mandamento de um grenal é ATITUDE, quem tiver com sono ou estiver borrado que fique em casa.
    Humildade Grêmio e aprenda com seus erros.

    • “No penúltimo grenal deu 2×1 pra nós, no final todos
      enalteceram a palestra do Roger.”

      Comentário:

      Caro Edison, e ainda têm quem duvide a diferença que faz um
      treinador da aldeia na casamata.

      Com apenas um ou dois treinos o Grêmio SOB O COMANDO DO
      ROGER foi o que se viu no Gre-Nal do 1º turno.

      Depois foi à Caxias, JÁ SOB O COMANDO DO PROFEXÔ, decidir a
      vaga à final e foi o que se viu.

      O Gre-Nal de ontem então, nem tem muito o que se comentar.

      Aliás… o torcedor que criou muitas expectativas e se deixou
      iludir por um time do Grêmio comandado por um treinador que
      não têm identificação nenhuma com o estilo de futelol do
      clube, o torcedor que criou muitas expectativas e se deixou
      iludir por um time do Grêmio que têm na sua formação
      jogadores como os que cito abaixo do meu comentário, desculpe
      mas ou são marionetes do poder instaurado no clube ou
      desconhecem totalmente a história do Grêmio !

      Jogadores:

      Werley – Contratado para ser o Xerife do Grêmio (reserva do
      Rafael Marques no Atlético Mineiro).
      Reparem no taipe do Gre-Nal e vejam o “tapete
      vermelho” que ele botou no gramado para o Damião
      girar e ajeitar para quem vinha detrás.

      Com um Adilson Capitão América, um De Léon ou um
      Mauro Galvão na zaga, o Damião faria o que fez ??

      Gabriel – O lateral firulento e balaqueiro.
      Ainda não decidiu se a sua profissão é o futebol ou
      o balé.
      Isso para não entrar em outras questões mais
      delicadas de consumo interno.

      Marco Antonio – Um baita jogador… DE 2ª DIVISÃO.

      Marquinhos – O Douglas na versão loira.

      Marcelo Moreno – O centroavante que só têm tamanho.
      O legítimo “João Bobo”.

    • Daiane, se o problema fosse só interesse próprio, vaidade ou
      fazer plataforma política, como fala o Totonho seguidamente no
      seu programa de rádio, eu estava soltando foguetes.

      Têm é que abrir a caixa preta da aéronave !

  • Quando eles falarem “falta de experiência”, leia-se: “temos medo de gremistas de verdade”. Isso aí Grêmio do Prata continue forte, aguerrido e bravo, ou seja, gremista de verdade.

  • Eu estou cansado da incompetência, e da falta de identidade do grupo de jogadores que compõe hoje o nosso GREMIO.
    Nossos argentinos não possuem a “alma castelhana” e o que pior dentro de campo vejo a pegada a entrega, a luta em fim a alma castelhana vestida de vermelho. MUDOU TUDO, entramos nesse jogo aberto e sem ímpeto vencedor,Mas como exigir dos dois zagueiros indolentes que sejam aguerridos, forte e bravo. Como exigir de um milionário encostador de bolas do gabriel que jogue com afinco determinação e responsabilidade, que pelo menos faça uma jogada pela linha de fundo e cruze 1 bola na cabeça do André lima.Como exigir que nosso meio de campo crie uma jogada produtiva que resulte em condições de gol. Como exigir do luxa que arme um esquema compacto, não dando espaço e saindo nos contra ataque rapidamente. Mais um ano que vamos ter que formar time durante a realização das competições. Agora temos que formar um novo time para o brasileiro, que irá começar daqui a alguns dias.
    O mais importante é definir que GREMIO QUEREMOS QUE TIPO DE JOGADOR TEMOS QUE CONTRATAR E essa definição é crucial para o bom planejamento e formação de time. COM ESSES QUE ESTÃO AÍ SINTO MUITO EM DIZER NÃO VAMOS GANHAR NADA.
    FORZA GREMIO FORZA GREMIO SALVE GREMIO SALVE GREMIO

  • Não da mais pra aguentar essas situações imbecis dos times do Grêmio dos últimos anos…essas direções idiotas fizeram tantas bobagens que não temos mais como nos surprender…o Grêmio de hoje é a cara da falta de identidade, falta de jogadores vencedores e compromissados com a marca tricolor,precisamos renovar o gás, precisamos levantar o Grêmio que esta caído a muito tempo…tem que mudar na raíz, desde o porteiro até o último escalão…é lamentável assistirmos jogadores do Grêmio levarem pontapés de jogadores colorados tipo o Tinga, e ninguém cobrar, ninguém chegar junto…

  • PRATA, prezados companheiros! De minha parte, quero que saibam que todas as minhas atitudes visarão sempre e unicamente ao bem do Grêmio. Errarei inúmeras vezes, mas sempre buscando o melhor para o nosso Grêmio. Acredito que juntos, os novos grupos (com novos e velhos amigos) poderão fazer muito pelo Grêmio, pois o que move nossas ações é a paixão incondicional pelo clube. mais: tudo que fazemos é de forma espontânea cujo “elo” é tão somente o imenso amor que nós sentimos pelo GRÊMIO. Teremos de superar inúmeros obstáculos e rótulos (inexperientes, afoitos, passionais,…), todavia isso será vencido e o Grêmio chegará onde sonhamos, pois NÓS O AMAMOS!!! Mesmo em grupos separados, afirmo: ESTAMOS JUNTOS PELO GRÊMKIO!

  • Depois de uma noite memorável com o presidente Koff e de ir ao Chiqueiro e lá ver homens que não honram a camisa do Grêmio. Não consigo entender como pessoas, que se dizem experientes gremistas, tem coragem de sair na rua e quem dirá escrever ou falar tantas besteiras.
    Não falta só humildade, falta vergonha na cara também.
    Não quero continuar vivendo das memoráveis e brilhantes conquistas do meu amado Grêmio. Assim como todos os GREMISTAS, quero ver o Grêmio ser vitorioso, altivo e guerreiro de novo.
    Chega dos fracos, sem garra, sem gana de vencedor, sem o verdadeiro espírito gremista no comando do Grêmio.
    Se alguém pode servir de exemplo de experiência, esse alguém é o presidente Fábio koff. Por isso, que todos do Prata querem e gritam aos quatro ventos: VOLTA KOFF.
    Todos queremos um Grêmio maior, um Grêmio valente e temido pelos adversários.
    Se ele não voltar não desistiremos de lutar. Não temos experiência, mas temos gremismo de sobra, temos um projeto, temos coragem e principalmente caráter para fazer do Grêmio um clube vencedor de novo.
    Eu não quero deixar o Grêmio cair de novo para segunda divisão. Essa experiência eu dispenso.

  • Sensaconal esta frase: Pois quero me referir apenas a estes que proferem estes absurdos. E, apenas a estes: DISPENSO a “experiência” dos mesmos.

    Os velhos caudilhos levam os movimentos à cabestro. Pregam a REVELHAÇÃO e não a RENOVAÇÃO. Profissionalismo em parte, do terceiro escalão para baixo. Altos cargos, somente para os amigos, mesmo que sejam notadamente incompetentes para a área que recebem como recompensa por apoios prestados.

    Um abraço ao pessoal do Prata.
    Mosq.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *