Na noite de ontem o GRÊMIO foi a MG enfrentar o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro e trouxe um ponto na mala – empate em 3×3. Nossa defesa não fez uma grande apresentação e tivemos uma baixa muito preocupante; Kannemann aparentemente teve uma lesão muscular e irá desfalcar o time nos próximos jogos.

Saímos ganhando de 2×0, com gols de Everton e Michel, mas no final do primeiro tempo o Cruzeiro descontou com Tiago Neves. O jogo foi lá e cá e o GRÊMIO pouco sentiu o fator local. Nossa lateral direita sofreu com os ataques do time mineiro por este lado, mas nosso meio campo teve bastante imposição e algumas vezes chegamos com velocidade ao ataque. E alguns gols perdidos, talvez, tivessem mudado a história do jogo, se convertidos.

Já no início do segundo tempo o Cruzeiro empatou com Rafael Sobis, mais uma vez pela esquerda de ataque. E a partir deste momento o jogo ficou ainda mais disputado. O GRÊMIO estava impondo troca de passes com rapidez e atacando da mesma forma. E em uma destas investidas, Luan lança Pedro Rocha dentro da área, que chuta para o goleiro espalmar e no rebote Ramiro entra sozinho e marca um golaço. Mal comemorávamos a vitória parcial e o Cruzeiro já empatava novamente. E este foi o resultado final. Para o GRÊMIO, uma vitória que escapou. Para o Cruzeiro, uma derrota evitada.

Alguns pontos a se observar:

Arthur. É uma grata surpresa este jogador. É impressionante jogando com a bola – ninguém tira dele. Tem uma visão inteligente do jogo e se movimenta muito bem na meia cancha. Marca, rouba, lança e chama marcação. É um jogador completo.

Kannemann. A perda deste atleta nos será muito prejudicial e nos remete a uma queixa reincidente: não temos uma peça a altura para substitui-lo. E agora, mais do que nunca é necessário ter um “5” de características marcantes na frente da área. Apesar das boas atuações do Michel, neste setor, o GRÊMIO tinha que ter hoje, um jogador de maior imposição física e mais cascudo para vestir a camisa com este número. A quantidade de campeonatos e as fórmulas destes, impõe muito mais dificuldades aos times com plantel pequeno ou desqualificado.

Para os próximos jogos, confio no discernimento do Renato para escalar da forma mais coerente possível – imagino (e aprovo) que contra o Coritiba entrará em campo com reservas. O jogo de hoje foi desgastante e logo após esta partida da próxima quinta-feira, no domingo, pegamos o Corinthians, que vai ser outra pedreira, valendo a liderança do campeonato. E neste jogo temos que estar inteiros.

Este início de campeonato que o GRÊMIO está fazendo não está somente surpreendendo. Está enchendo os nossos olhos TRICOLORES. Estamos sim em estado de graça, porque, é muito bom ver o GRÊMIO ganhando, mas é ainda melhor ver o GRÊMIO querendo ganhar; ver o GRÊMIO correndo e brigando até o último minuto. É extasiante ver o empenho dos jogadores e a forma como se comprometem a cada partida. O Renato recuperou vários destes guris e hoje, é notório, que rendem graças ao seu comandante. E nós, torcedores, já nos rendemos a ele há muito tempo…

Seguimos GRÊMIO! Te seguimos GRÊMIO!

“Te apoiaremos de coração! Trate de ser campeão!”

Ana Vilches
@anagremiovedder

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *