Acessando as mídias sociais nesta semana deparei com a notícia do jogador Uruguaio, Luis Suarez, chorando copiosamente após o Liverpool sofrer o empate contra o Crystal Palace. Assim, as chances no campeonato Inglês / 2013 – 2014 terminaram para o Liverpool. Já aqui, na nossa terra, o Grêmio toma quatro e o Centroavante Barcos vai abraçar o Jogador D’Alessandro. Com certeza a postura correta e exemplar de Suarez é atitude e honradez. Já o tal Pirata tem a necessidade de bater um papo amigável com um Conselheiro, onde o assunto é cobrança.

http://jbfilhoreporter.final.com.br/2014/05/05/saiba-o-que-foi-falado-na-conversa-entre-barcos-e-alemao-da-geral-no-olimpico/

Permitam-me dizer que essa atitude de Suarez, há mais de 10 anos, não vem de Presidente e Vices do Grêmio. Não se apresenta como característica de quem comanda o Clube. Os discursos vazios e sem cobrança permitem aos jogadores comportamentos do “não estou nem aí”, “não vai me acontecer nada” e “se me cobrarem, que me paguem o contrato e meus direitos de imagem”.

Hoje em dia e no passado recente, qual dirigente do Grêmio cobrou em tom alto e com indignação posturas que correspondam à história do modelo vencedor do Clube e de seus grandes atletas? Todos se calam, amenizam as crises com dizeres doces e palavras suaves. São os mesmos que levaram a instituição à doença, agora, querem curá-la.

Justificativas para esse cenário existem. O medo de apanharem dos jogadores e serem processados pelo Bom Senso. A falta de coragem de falar verdades, a falta de dignidade, a falta de reconhecer que suas vontades gremistas não deram certo pelos seus achismos futebolísticos e por suas incompetências e, desta forma, deixam qualquer um exercerem suas funções.

É o surrealismo! Salvador Dalí se revira mais uma vez no caixão.

Cesar Augusto Fernandes

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

12 respostas a “Surrealismo na Cobrança”

  • Corretíssimo, Cesar.

    Torcedor algum deveria precisar cobrar atleta.
    Temos dirigentes (e algums muito bem pagos) para realizar essa tarefa.
    Estamos à deriva.

    abraço
    Ivo

  • Baita texto meu amigo. Triste ver o que se tornou o NOSSO Grêmio. Um clube em que o treinador acha NORMAL levar 4 a 1 (ou 6 a 2 no total) do maior rival numa final de campeonato. Disputando vaga para a fase seguinte da Libertadores, contra um adversário longe de ser um bom time, vemos aqueles que INFELIZMENTE fardam a nossa camisa apáticos, desinteressados, sequer reclamando no árbitro, o qual, apesar de toda a “cera”, deu apenas 1 mísero minuto de acréscimo no primeiro tempo. O presidente vem a público dizer que o desempenho no ano até agora não foi de todo NEGATIVO, não sei mais em que mundo estou… Hoje temos um time no qual bostas como Pará e Werley são titulares “incontestáveis” e o “grande” capitão é um argentino frouxo, ´broxa, que só se inflama pra cobrar pagamentos atrasados e reclamar da hostilidade da torcida em frente a câmeras e microfones, o pirata das DUAS pernas de pau. Mas agora vai melhorar, está prestes a voltar o BUNDEADOR, aquele que deixa a bola prá se esfregar nos adversários, vive machucado e suspenso, mas na sua conta todo mês tem meio milhão de reais depositados. E ninguém mete o pé na porta e o dedo na cara destes MERDAS, para que honrem nosso mantoe nossa tradição e não nos façam mais passar vergonha diante de tantos fracassos. A torcida segue apaixonada, comparece, apoia, mesmo contra tudo e todos, mas já parece cansada, resignada, talvez um pouco contagiada pela turma do alento incondicional, aqueles que aplaudem o time mesmo depois de levar mais uma lavada do maior rival. Hoje somos ´piores do que “eles” nos anos 80 e 90. Naquele período, pelos menos na maioria dos GREnais, eles faziam frente ao nosso GRÊMIO multicampeão. Nós, de uns tempos prá cá, nem isso. Na hora da bronca, o time CAGÃO tem sido o nosso, quase sempre. Infelizmente, esse Grêmio NÃO É O MEU GRÊMIO, triste, muito triste.

  • É com tristeza o que vou dizer: O Grêmio está se transformando num “Botafogo”. Aliás, estamos “disputando” com o clube carioca quem vai terminar primeiro o jejum de títulos.

    Enquanto PERDEDORES e REBAIXADORES estiverem dentro do Grêmio, NADA vai mudar.

    Esses dirigentes e conselheiros só querem aparecer em TV, rádios e redes sociais. Infelizmente é nisso que o Grêmio se transformou.

  • Texto bem escrito e infelizmente é a realidade do Grêmio. Temos um time vagabundo, onde jogador gremista não tem espaço no elenco. Não existe mais jogadores identificados com a instituição Grêmio, são identificados com dinheiro. Existe um jogador odiado por alguns e amado por outros o nome dele é Anderson Simas Luciano mais conhecido como TCHECO, onde ele um jogador mediano como todos nós sabemos disse: TROCAR DE CAMISA EM GREnal É UMA FALTA DE RESPEITO COM OS TORCEDORES. EU NUNCA TROQUEI! Esta ai a diferença, temos um time apático, um departamento de futebol burro. É inadmissível um técnico com seu grupo de jogadores perder 2 clássicos sendo 1 em casa e outro um vexame fora de casa, ter uma eliminação precoce LA2014 diga-se de passagem a mais fácil da história e permanecer no clube. Temos um bando de incompetentes que como o Dênis falou estão por aparecer na TV, querem mídia. Estou cansados de jogadores bundões, não reclamam, apanham, são roubados e não falam nada. Times vem na arena e apitam o jogo e nossos “jogadores” não fazem nada.

  • Lembro que na 1ª partida da final de 2007, os capitães trocaram as flâmulas. O Palermo enrugou a do Grêmio na mão e virou para a foto, deixando o capitão do Grêmio com o braço esticado “no vácuo”. Resultado, todos sabemos.

  • A cobrança sempre deve partir em principio de uma filosofia (seja de futebol, de cultura, de finanças…). Se não há uma base a ser seguida, vamos cobrar o quê de quem? E é isso exatamente o que está acontecendo no Grêmio: não há um norte. Compras de jogadores por atacado, aparece na vitrine aquele que tem o empresário com mais lábia e persuasão. Acredito mais ou menos que seja esse o cenário em que vivemos. A filosofia tem que vir de cima pra baixo. Não podemos cobrar isso dos jogadores, se ninguém que os comanda é capaz de passar isso a eles. Enfim.
    Adiante! DALE GRÊMIO!

    @Gus_Franco

  • Olhem nossos diretores nos últimos anos… rui costa, chitolina, pelaipe, vicente martins, aquele que veio do coritiba, meira, guerra, krieguer, valandro, moreira e por aí vai.
    Graças a Deus a torcida tem as costas larga e homens e mulheres de verdade; gremistas de fundamento.
    Pior de tudo é não ter vergonha na cara, jogadores e diretores os caras sem vergonha na cara!!!

  • Boa tarde, faz tanto tempo que nao temos um unico jogador identificado com o clube, jogador de brio e bravura, que esta atitude do Barcos so condiz com a atual situacao do nosso clube. Lamentavel.

  • A ATITUDE tem que vir de cima, da diretoria, passando pela comissão técnica e jogadores. Uma mostra do que não se deve fazer são nossos últimos capitães, senão vejamos: Barcos, centroavante, fica muito longe do “jogo” e não tem moral com os juízes;
    Zé Roberto, consegue desperdiçar toda sua experiência de Europa e Seleção se escondendo do jogo e da responsabilidade, talvez esse os árbitros respeitassem;
    Dida, só tem boca para cobrar seus $…
    Gilberto Silva, não abre a boca nem para dar bom dia;
    Todos escolhidos pelo currículo e não pelas atitudes e personalidade.

  • Grande, Cesar… é hermano, assim caminha o GRÊMIO. Em busca da modernidade, com o rabo entre as pernas e comandado por empresários. No cenário atual do GRÊMIO, são contratadas peças, números, cifras e para estas contratações, jamais alguém, de dentro do clube, explica o sentido de vestir a camisa TRICOLOR. E sabe porque, os dirigentes do GRÊMIO não fazem os jogadores entenderem o GREMISMO? Porque eles mesmos, há muito tempo, não tem GREMISMO. Nos últimos dias fiquei tão terrivelmente abatida e deprimida, que não tive a lucidez que tivestes no teu texto. Mas como sou do GRÊMIO, como tenho este GREMISMO imortal, sou forte, aguerrida e brava e não me mixo diante de adversidades, tenho sim, ainda, a esperança de que, finalmente, o sócio GREMISTA entenda que os que aí estão, em nada representam a nossa vontade de ver o GRÊMIO novamente, multicampeão, o GRÊMIO temido, odiado e respeitado. Que nas próximas eleições os GREMISTAS usem o seu poder – única forma de salvação do clube – para mudar a ideologia dentro do GRÊMIO; que tenham inteligência e amor e que não caiam nas lorotas velhas e repetitivas destes senhores que habitam e sugam nosso clube há anos. Hoje, só acredito no GRÊMIO DO PRATA.

  • Amigo César, amigos do Prata! Não sei mais o que dizer e ou escrever. Tornei-me repetitivo em apontar erros e ações equivocadas. Critiquei jogador, dirigentes (Presidentes, Executivos, Abnegados,…) e tb o CD. Passam-se os anos e nada muda! Estamos fechando o 13º anos de rotundos fracassos, o que indubitavelmente diminui o clube enqto Instituição. Num último “respiro” de esperança, registro o que hoje penso: temos de resgatar a origem do clube a partir de um “RESET”. Sim, praticamente começar tudo do “zero”. Deixarmos a “imortalidade” de lado e até mesmo esquecermos que o GRÊMIO já “foi” imenso. Não desconsiderar sua história, não! Mas SERMOS HUMILDES a ponto de atestarmos que “o Grêmio não é mais o GRANDE GRÊMIO do passado”! A partir da “humildade”, tentarmos RECONSTRUIR o clube. Infelizmente sozinho (SERIA O PERFEITO) o Prata não conseguirá administrar o “meu” Grêmio. Então penso que deveria haver (se é q não está havendo) um processo de “identificação e escolha” de gremistas (de grupos ou fora de grupos) que sentem COMPROMISSO E AMOR pelo clube. Deixar de lado todos esses que o DENIS refere (perdedores e rebaixadores), deixar de fora todos os “acabrestados”, todos que sejam seguidores de “ícones” , mas unir gremistas “LIVRES” e vinculados tão somente ao clube. Acho que o Prata poderá ser o PROTAGONISTA da RECONSTRUÇÃO DO GRÊMIO. Dando nomes à modesta proposta que ora faço: por que não ELDIR/CLÁUDIO/CÉSAR/FALAVENA …..conversar com um Airton Ruschel, por exemplo, e outros que não babam por “pavões, caciques,….”. Talvez eu esteja sendo ingênuo ou escrevendo bobagem, mas não sei mais o que dizer e ou escrever, tampouco pensar!! O GRÊMIO CAMINHA PARA UM ABISMO SEM VOLTA! TEM DE SER RECONTRUÍDO POR GREMISTAS LIVRES QUE AMAM AO CLUBE!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *