O primeiro hino do Grêmio foi composto em 1924 por Isolino Leal. Escritor e Jornalista, Leal nasceu em Livramento e faleceu em Porto Alegre em 1950. Publicou Rosas do arapei, em 1915. Também escreveu Sementes, Momentos, Almas Simples, em 1924, publicado pela Editora Globo, e Água de Sanga, em 1929. O primeiro hino Gremista era assim:

“Vibre em nós a luz da energia
que dá fulgor e faz heróis;
músculos de aço e varonia
nos façam da pátria áureos sóis

Do sul ao norte
Nos seja prêmio
A fé no Grêmio
Invicto e forte!

A nobreza, se o prélio freme,
é quem inspira o coração
Da nossa gente que não treme,
e luta sempre como um leão.

Do sul ao norte…

Filhos do Pampa erguendo a fama
Desta terra de honra e valor,
com a alma acesa, em viva chama,
por ela cante o nosso amor!

Do sul ao norte…”

Infelizmente, não há melodia para tal hino.

Fonte: www.gremio.net e Wikipedia
Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *