Não, você não está enganado ao ler o título deste texto. É sim um texto de final de ano!

Mas não está muito cedo pra isso?

Não para nós gremistas.

Mais uma vez o ano acabou mais cedo. E com relação a este 2011, dentro e fora de campo, nós devemos agradecer pelo fim do ano futebolístico tricolor. Eu já não aguentava mais este 2011 mesmo!

A derrota do último sábado serviu para formalizar o que sabíamos que tinha acontecido, talvez até mesmo antes de a temporada começar, quando a cúpula do futebol deu ouvidos a Judas e não a Jonas.

Perdemos o maior goleador brasileiro de 2010 e fomos para a disputa da maior competição do continente já na condição de figurantes. Tragédia anunciada.

Na velha batalha regional, muito mais por deficiência dos adversários do que por mérito do “planejamento”, chegamos a uma final em casa e com vantagem e ainda assim não foi possível a comemoração esperada.

Depois disso assistimos a verdadeira fogueira das vaidades fritar o nosso maior ídolo e ao início da dança das cadeiras. As apostas improváveis e os velhos enganos voltaram a ter o protagonismo na rotina do clube.

Mais uma vez, muitos de nós hoje respiram aliviados pela classificação, com sete rodadas de antecedência, para a Série A do ano que vem. Grande marca ultrapassar os quarenta e poucos pontos que nos asseguram a manutenção do lugar na “elite do futebol brasileiro”! Nos últimos dez anos este foi o principal objetivo em pelo menos cinco deles.

De belo este ano registrou o nascimento de duas lindas crianças, nasceu minha filha e também a princesinha do nosso futuro presidente. A luz destas crianças nos faz lembrar da força da renovação da vida, da fé e da esperança.

2011 para o futebol já teve fim.

E que venha 2012, que venha novo e que se possa realmente iniciar a renovação tão necessária. Temos fé, temos esperança e até certa teimosia e garra que só a paixão tricolor traduz, mas não explica.

Força Grêmio! Vamos precisar!

Ah! E um Feliz Ano Novo a todos

Rinaldo Penteado da Silva

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *