O GRÊMIO, ontem, jogou dentro da casa do Corinthians, como se fosse a sua. Não tomou conhecimento da pressão da torcida, nem do bom esquema montado pelo Tite. Poderia ter vencido, mas acima de tudo, mostrou uma postura forte, aguerrida e brava.

Iniciamos a partida atacando, criando jogadas agudas e apesar dos desfalques – bem verdade que também os tinha o Corinthians – impusemos um ritmo concentrado e constante, que fez com que fôssemos nós a propor o jogo. O GRÊMIO jogou como gente grande; jogou como tem que ser. Realmente uma lástima a nossa reincidência em perder gols feitos.

Este time do GRÊMIO tem problemas técnicos claros, mas é impressionante o que o Roger tem conseguido tirar deste elenco. Vemos que os jogadores se empenham em colocar em prática as orientações dele. E para nós, GREMISTAS, que há tanto cobramos uma postura comprometida em campo e na casamata, é mesmo um alento ver o GRÊMIO realizando partidas como a de ontem, contra nada mais, nada menos, do que o líder do campeonato.

Há não muito tempo, em uma partida como esta, eu estaria com o coração na mão durante os noventa minutos. Mas ontem, quando via os avanços GREMISTAS tão focados e quando via a forma objetiva, sem frescura, com que montávamos as jogadas, imaginava que a qualquer momento mataríamos a partida. Pois bem, o adversário não era qualquer um e obviamente não iria facilitar as coisas.

Saímos de São Paulo com um empate, que imagino mais amargo para o mandante do que para nós, que nos deixa firmes no G3 e ainda no páreo sim, para de repente guardar esta taça. Para nossos próximos jogos, temos que acertar o gol, temos que acabar com o adversário quando tivermos a chance e temos que continuar aplicando este GREMISMO, que vem encantando quem assiste e quem ainda tem a esperança de ver, novamente, o GRÊMIO CAMPEÃO.

“Vamos, vamos GRÊMIO copeiro…”

NÃO ao FUTEBOL MODERNO!

Ana Vilches
@anagremiovedder
Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

Um comentário sobre “O grande GRÊMIO, do Roger”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *