Buenas, e o GRÊMIO vai para mais uma batalha, na Copa do Brasil. Esta, valendo uma vaga na final.

É verdade que este time do GRÊMIO, nos deixa de cabelo em pé. É verdade, que não acertam um passe, que dependemos de jogadores que não chegam aos pés dos nossos grandes ídolos e é verdade que, assim ou assado, de qualquer forma, ruim ou bom, admirável ou nefasto, é o GRÊMIO.

O que eu gostaria de ver em campo, hoje, é aquele GRÊMIO peleador; aquele da força e da estrutura do De Leon; aquele da cara feia do Rivarola e o dos dois golaços do Renato. Mas não é a realidade. O GRÊMIO que vai pra guerra, hoje, não é o dos sonhos, mas, ainda assim, é o GRÊMIO.

Queria estar com a segurança, de ter minha bravura representada na camisa TRICOLOR, hoje a noite; de saber que se, tomarmos um gol, faremos dois; de ver um time que joga, com a cabeça erguida, com garra nas divididas, com lançamentos e investidas ferrenhas contra o gol adversário. Não será assim; será sofrido, será desconcertante, mas, para todos os efeitos, será o GRÊMIO.

Já há uma semana que venho pensando em como deve ser o esquema tático, quais jogadas devem ser treinadas, como virá o adversário. Mas a verdade é que, quando a bola rola, só o que me importa, só o que visualizo, só o que desejo e só o que me descontrola, é o gol. Esqueço se fulano joga mais do que ciclano, se o oponente está mais bem postado, se o juiz está propositalmente cego ou se a torcida do outro lado acha que pode expressar mais o seu amor do que a minha. Após aquele primeiro chute, o que quer que aconteça, quem está ali, é o GRÊMIO.

Nas tantas Copas que o GRÊMIO disputou e nas tantas que ganhou, quando tínhamos times fantásticos, ou nem tanto, meu sentimento sempre foi o mesmo e hoje não é diferente. O que vejo em campo e o que me comove e me toca e me enlouquece é aquela camisa TRICOLOR – por vezes a igualmente inspiradora CELESTE – correndo pelo meu sonho, vibrando na mesma intensidade da minha frequência cardíaca. O que vai mexer com todos os meus nervos, esta noite, é, e sempre será, o GRÊMIO.

Tuas cores, GRÊMIO… tua história… tuas façanhas… as noites que, por ti, passei em claro… as alegrias que me proporcionastes e o orgulho que tenho em vestir o manto é que irão me fazer torcer a morrer por ti, hoje a noite. Pelo amor TRICOLOR que corre em minhas veias, é que te peço a vitória. E por saber que qualquer que seja o time que o Renato escalar, quem quer que esteja fardado por ti, para mim, será simplesmente e inadvertidamente, GRÊMIO.

“Hoje GRÊMIO, eu vim te ver e não me importa mais nada!”

 Ana Vilches
@anagremiovedder

Cadastre-se para receber nossas atualizações

Não se preocupe, não enviaremos spam

2 respostas a “Este ou aquele… ainda é o GRÊMIO!”

  • Da-lhe Grêmio!!!!!
    Quarta que vem é obrigação da direção, oas, bm e quem quer que seja liberar a festa, chega de perseguição com nossa torcida.
    Se vou ganhar ou vou perder não sei, não sou cigano e nem tenho bola de cristal, mas deixem a torcida fazer parte do espetáculo na sua TOTALIDADE…
    CLUBE/JOGADORES/TORCIDA… NINGUÉM TEM MAIS FORÇA QUE ESSA COMBINAÇÃO!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *